Links de Acesso

Antigos "inimigos" reuniram-se no Kuando Kubango


Últimas tropas da África do Sul saem de Angola em 1988 (Foto de Arquivo)

Batalha de Savat ocorreu em 1980 com pesadas baixas

A Batalha de Savat no Cuando Cubango foi um dos grandes confrontos da guerra entre a África do Sul e Angola.

No passado fim-de-semana, para assinalar a batalha ocorrida em 1980, antigos combatentes das ex FAPLA, do batalhão Búfalo sul-africano e russos reuniram-se para brindarem à paz e democracia em Angola.

Anigo inimigos reuniram-se no Kuando Kubango - 1:47
please wait

No media source currently available

0:00 0:01:47 0:00

A viagem teve como ponto de reencontro a comuna do Savat, palco de grandes combates na altura e o comandante de brigada sul-africano Roland de Vice disse que na altura tombaram naquela localidade 16 soldados sul-africanos perante o fogo das FAPLA sendo este um dos confrontos que marcou a batalha.

“Sei que foi um combate muito sério, morreram muitas pessoas nessa batalha e isso é para mostrar o respeito e lembrança daquelas pessoas que morreram de todos os lados”, disse.

Um dos sobreviventes de Savat é agora regedor da região, Kangumbe Chingano.

Na altura sargento das ex-FAPLA, Chingano lembrou com tristeza os momentos que passou durante os confrontos e afirmou que, pela sua estimativa, devem ter morrido mais de 500 pessoas.

Na ocasião, o governador do Cuando Cubango Pedro Mutindi destacou os laços de amizade existentes entre os povos sul-africano, namibiano e russo.

Mutindi disse que o reencontro vai permitir escrever uma nova página que se consubstancia "na paz, fraternidade e irmandade".

Um dos comandantes que participaram intensamente nas batalhas do Savat, o actual governador do Kwanza Sul, Eusébio de Brito Teixeira, disse "houve baixas de ambas as partes", mas que hoje são amigos.

A batalha de Savat foi a primeira vez que forças sul-africanas e angolanas estiveram directamente em combate desde 1975.

Fórum Facebook

XS
SM
MD
LG