Links de Acesso

Antigo Presidente francês Nicolas Sarkozy condenado a três anos de prisão


Antigo Presidente francês Nicolas Sarkozy à chegada ao tribunal, 23 Novembro 2020

Ele foi condenado por corrupção e tráfico de influência

O antigo Presidente francês Nicolas Sarkozy foi condenado nesta segunda-feira, 1, a três anos de prisão por corrupção e tráfico de influência, sendo assim o primeiro inquilino do Palácio do Eliseu a ser condenado à prisão.

Sarkozy foi condenado por suborno a um juiz em troca de informação privilegiada sobre uma investigação acerca da sua campanha presidencial.

Apesar da condenação, o Tribunal Correcional de Paris decidiu que dois dos três anos da sentença estão isentos de cumprimento e o terceiro ano pode ser convertido em prisão domiciliária ou vigilância com o uso de tornozeleira eletrónica.

Sarkozy, no entanto, pode recorrer da sentença.

O advogado do anterior Presidente, Thierry Herzog, recebeu uma sentença semelhante, mas fica impedido de exercer a advocacia por cinco anos.

O juiz em causa Gilbert Azibert também foi condenado.

A investigação começou após conversas telefónicas obtidas pela polícia em 2014, entre Sarkozy e o seu advogado, revelarem o contacto com Azibert, então membro do Supremo Tribunal, para obter informações em um processo contra o ex-presidente.

Na sentença, o juiz destacou a "gravidade particular" do crime ser cometido por um ex-presidente, que "usou o seu cargo e os seus relacionamentos" para "o seu interesse pessoal".

Nicolas Sarkozy vai responder, dentro de duas semanas, a outro processo por supostas irregularidades no financiamento da sua campanha para a eleição presidencial de 2012.

Fórum Facebook

XS
SM
MD
LG