Links de Acesso

Antiga PCA do Fundo de Desenvolvimento Agrário de Moçambique condenada a 18 anos de prisão por corrupção

  • Redacção VOA

Setina Titosse

Setina Titosse e mais 24 réus foram acusados de desvio de dinheiro público

A antiga presidente do Conselho de Administração do Fundo de Desenvolvimento Agrário (FDA) de Moçambique, Setina Titosse, foi condenada nesta quarta-feira, 20, a 18 anos de prisão pelo desvio de 170 milhões de meticais (2,5 milhões de dólares).

Ela foi acusada de simular financiamentos a projectos agropecuários forjados para beneficiar de verbas do FDA.

O Tribunal de Maputo condenou mais 24 pessoas a penas que variam entre 12 meses a 12 anos de prisão, entre elas antigos gestores da instituição, contabilistas e engenheiros agrónomos.

Os réus terão ainda de pagar multas diárias equivalentes a 5 por cento do salário mínimo durante dois anos.

Os advogados de defesa podem recorrer num prazo de cinco dias.

Fórum Facebook

XS
SM
MD
LG