Links de Acesso

UNITA e Governo trocam acusações por causa de Cacuaco

  • Manuel José

Isaías Samakuva, líder da UNITA

Isaías Samakuva considerou os responsáveis governamentais de "aldrabões”.

A UNITA acusou os ministros angolanos do interior e da administração do território, Angelo Veiga e Bornito de Sousa, de estarem a espalhar mentiras quando afirmaram que foi o maior partido da oposição angolana quem esteve na origem da alteração da ordem pública no dia 23 de Fevereiro em Cacuaco.

please wait

No media source currently available

0:00 0:02:08 0:00
Faça o Download

Tudo começou com uma conferência de imprensa concedida pelos referidos dirigentes sobre aqueles incidentes. O titular da pasta do interior, Angelo Veiga, considerou a UNITA de culpada do que aconteceu em Cacuaco: "Quem provocou alteração da ordem pública naquele local foi a delegação da UNITA, no dia 23".

Quanto a Bornito de Sousa afirmou que a UNITA está a aproveitar-se de um facto normal da administração do estado para fazer política: "No caso concreto de Cacuaco eventualmente há algum aproveitamento político de um trabalho que a administração tem estado a fazer."

Em resposta o presidente da UNITA, Isaías Samakuva considerou os responsáveis governamentais “de aldrabões”.

Outro responsável da UNITA, Adalberto da Costa Júnior disse à Voz da América que os responsáveis do executivo vão explicar o que se passou em Cacuaco mas num inquérito parlamentar na casa das leis, porque o que alegam nem mesmo um recém-nascido acredita.

O parlamentar da UNITA rematou que o que os desalojados de Mayombe estão a passar é desumano.

Ouça a reportagem do Manuel José.

A sua Opinião

Mostrar Comentários

XS
SM
MD
LG