Links de Acesso

Maior produtor de citrinos defende quotas para importações

  • Fernando Caetano

Leonel Casimiro diz que Governo deve proteger a produção nacional

O maior produtor de citrinos de Angola defendeu a necessidade de o Governo impor restrições às importações para defender a produção nacional e assim a diversificação da economia.

A fazenda situada no município do Libolo tem 610 hectares mas Casimiro diz que encontra dificuldades em comercializar os seus produtos devido às importações.

“A nossa cadeia de produção é bastante onerosa, os custos de produção são bastante elevados e naturalmente, nós ainda não temos um preço concorrencial para os produtos importados e daí temos tido muitas dificuldades”, afirmou sugerindo ao Governo que crie “barreiras comerciais, ou seja que aumente a tributação dos impostos aduaneiros na importação dos citrinos ou de outros produtos produzidos já em grande escala no país, de forma a que possamos alavancar ainda mais a nossa produção”.

Leonel Casimiro afirmou que produtores como ele correm o risco de não poderem cumprir as suas obrigações para com os bancos devido ao facto de não conseguirem concorrer com os produtos importados.

“Se não vendemos, começamos a cair no descrédito junto da banca porque não conseguimos honrar os compromissos assumidos", lamentou Leonel Casimiro pedindo a internveção do Executivo.

Fórum Facebook

XS
SM
MD
LG