Links de Acesso

Angola Fala Só - Toto: "Sem liberdade não há manifestações culturais"


Totó, cantor angolano
27 Dez 2019 AFS - Toto: "Sem liberdade não há manifestações culturais"
please wait

No media source currently available

0:00 1:00:00 0:00

Todos os estilos musicais são importantes para mim, disse o músico angolano Toto falando no programa “Angola Fala Só”.

O músico, cuja obra se caracteriza pela fusão de vários estilos musicais desde a música africana aos “blues” e “jazz” disse que tenta misturar “uma série de nuances” musicais.

Ele descreveu o seu estilo musical como “afro-soul”.

“Sou um sub-produto de vários grandes artistas”, disse Toto noutro passo do programa quando questionado sobre as influências na sua música.

Toto falou sobre os “blues” norte-americanos como um estilo musical de raiz africana.

“A música “blues” é fácil para mim porque está na minha alma”, disse.

Questionado sobre se os músicos angolanos não deveriam dar mais valor à música angolana, Toto disse que no mundo actual “não temos como nos deixar de influenciar”.

Para o músico “a arte não é estática, é dinâmica” e a sua músca “é africana com linguagem diferente”.

Questionado por um ouvinte sobre o favoritismo que o partido no poder em Angola, o MPLA, dava a certos músicos prejudicando outros que não o apoiavam, Toto disse que “havia um sistema de filhos e enteados, uma cultura que levava a isso”.

Contudo manifestou optimismo, defendendo que a situação está a melhorar e que há agora mais liberdade.

O artista angolano disse, no entanto, que um músico não tem que expressar opiniões políticas: “Cada um é livre de se pronunciar ou não” - ele próprio não tem “grandes ideias” sobre todos os problemas actuais.

“Todos têm obrigações sociais mas a vida não é só falar de questões políticas”, disse.

Quanto à censura da música e das artes, Toto disse que isso põe em perigo a cultura: “Sem liberdade não pode haver grandes manifestações culturais”.

Toto acaba de lançar o seu novo album Nga Sakidila gravado em Portugal, Paris e Luanda.

O músico revelou que planeia realizar um concerto em Cabinda em Janeiro.

Fórum Facebook

XS
SM
MD
LG