Links de Acesso

Angola dá ultimato a imigrantes ilegais em Cabinda

  • José Manuel

Cidade Cabinda

Deverão abandonar o país dentro de 15 dias ou serão presos e expulsos.

O ministério do interior vai realizar, nos próximos dias, uma campanha massiva de expulsão e de repatriamento deestrangeiros com estadia ilegal, sobretudo cidadãos oriundos do Congo Democrático.

Para o efeito, a delegação provincial do ministério do interior iniciou uma campanha de mobilização de estrangeiros abrangidos para abandonarem voluntariamente o país até ao dia 7 de Agosto.

A decisão das autoridades angolanas surge em virtude da ocorrência, nos últimos tempos, de constantes de violação de fronteiras, e de estadia ilegal de estrangeiros na província de Cabinda.

Esta situação, dizem as autoridades, está a contribuir para o aumento da criminalidade.

A delegação do ministério do interior informou que concedeu uma moratória de apenas 15 dias, para que todo o cidadão nesta condição abandone livremente o país.

Terminado este período, a polícia diz que vai intensificar as operações de buscas nos locais de maior concentração para a imediata detenção e expulsão de estrangeiros ilegais.

O ministério do interior adverte ainda que vai responsabilizar criminalmente todos os cidadãos angolanos que auxiliarem estrangeiros em condição ilegal.

Fórum Facebook

XS
SM
MD
LG