Links de Acesso

"América primeiro não significa América sozinha", diz Trump


Donald Trump discursa no Fórum Económico Mundial

Em Davos, Presidente americano defende comércio justo e mostra crescimento do seu país

O Presidente americano Donald Trump defendeu nesta sexta-feira, 26, a sua política “América primeiro” no Fórum Económico Mundial, de Davos, mas reiterou que tal não significa que o seu país estará sozinho.

"Eu acredito nos Estados Unidos e coloco os interesses dos americanos em primeiro lugar. Mas 'America primeiro' não significa América sozinha. Quando os Estados Unidos crescem, o mundo cresce. A prosperidade americana já criou emprego em todo o mundo", sublinhou Trump, adiantando que “o comércio global precisa ser justo e os Estados Unidos não vão mais tolerar práticas anti-competitivas”.

O Presidente americano afirmou ainda que o seu Governo está disposto a negociar acordos bilaterais, desde que eles sejam equilibrados e com benefícios para ambos os lados.

"O mundo testemunha o renascimento de Estados Unidos prósperos e não há época melhor para contratar e investir nos Estados Unidos”, continuou Trump que destacou os efeitos da reforma tributária que reduziu impostos para empresas de 35% para 21%.

Segundo ele, a mudança trouxe reduções de impostos para grandes e pequenas empresas e para a classe média.

O Presidente americano não se escusou de abordar a problemática da imigração e voltou a defender que o critério para aceitação de imigrantes esteja baseado no mérito.

“Devemos substituir o nosso sistema actual de migração de cadeia familiar extensiva por um sistema de admissões baseado em mérito, que seleccione novas chegadas com base na capacidade [do imigrante] de contribuir com a nossa economia”, defendeu Trump.

O Presidente americano também pediu a cooperação internacional em segurança e agradeceu aos países que se uniram aos Estados Unidos na guerra no Afeganistão.

Fórum Facebook

XS
SM
MD
LG