Links de Acesso

Alunos controlam exames em Cabinda devido a greve de professores

  • José Manuel

Alunos controlam provas em Cabinda, Angola

SINPROF fala numa adesão de 95 por cento dos professores

O Sindicato Nacional de Professores (SINPROF) revela que 95 por cento das escolas em Cabinda estão sem aulas devido à greve dos docentes e em virtude dessa paralisação crianças estão a controlar os exames que começaram nesta terça-feira, 25.

O secretário do SINPROF em Cabinda, Francisco Sense, denuncia também ameaças e violações à lei da greve.

Até ao dia 5 de Maio,professores de todas as escolas do subsistema de ensino geralvãoobservar a greve desencadeada pelo SINPROF

Recorde-se que no decurso da greve convocada no passado dia 5 de Abril, a direcção da escola Barão Puna fechou os portões para manter os alunos no recinto com o objectivo de fazer passar a imagem de não adesão à greve.

Os alunos insurgiram-se e organizaram uma manifestação até a sede do Governo da província.

Para acautelar situações idênticas, a Polícia Nacional está a acompanhar as reivindicações dos professores aconselhando-os a não desencadearem acções de vandalismo.

Fórum Facebook

XS
SM
MD
LG