Links de Acesso

Agente da polícia atira contra motoqueiro e provoca alvoroço em Benguela

  • João Marcos

Motoqueiros protestam contra polícia em Benguela

Jornalistas resistiram a tentativas da polícia de lhes retirar o equipamento

Um agente da Polícia Nacional na província de Benguela disparou mortalmente nesta segunda-feira, 4, contra um motoqueiro que estaria a resistir a uma tentativa de apreensão do seu meio de trabalho, tendo o alvoroço dado lugar a uma manifestação pelas ruas da capital.

No Hospital Geral de Benguela, o epicentro da revolta, agentes da polícia andaram em confrontos com motoqueiros, que arremessaram pedras contra viaturas para protestar contra a acção policial.

A romaria ao hospital foi antecedida de barricadas em várias artérias da cidade, com cordões de segurança formados por homens da Polícia de Intervenção Rápida.

Um manifestante contou à VOA que os motoqueiros se opuseram à apreensão de motorizadas, questionando as razões para a operação stop.

No local, agentes da Polícia usaram a violência para apreender o material de trabalho dos jornalistas, com vários empurrões à mistura, mas a sua intenção esbarrou na intransigência de profissionais de comunicação.

As últimas informações indicam que o jovem motoqueiro terá morrido no bloco operatório algumas horas depois.

Presente no Hospital, o porta-voz do Comando da Polícia, Pinto Caimbambo, prometeu pronunciar-se mais tarde.

Fórum Facebook

XS
SM
MD
LG