Links de Acesso

Advogado do General José Maria desmente relatos de jornais angolanos


O antigo chefe dos Serviços de Inteligência e Segurança Militar(SISM), General António José Maria fez face inicialmente a quatro acusações que contudo foram reduzidas para duas pelo Supremo Tribunal Militar, disse à VOA o seu advogado Sérgio Raimundo.

Raimundo confirmou que José Maria faz face a acusações autor de extravio de documentos, aparelhos ou objectos que contêm informações de carácter militar e insubordinação.

Raimundo desmentiu noticias de que Gerneral Zé Maria teria saido algelmado da procuradoria militar até a sua casa, esclerecendo que após a ordem de prisao domiciliaria o antigo patrão da secreta militar dirigiu ele próprioa sua viatura acompanhado do comandante da policia militar até á sua residencia, onde ficaram alguns militares para vigiarem a residencia enquanto dura a medida de coação aplicada.

“Em nenhum momento ele saiu algelmado de sua casa para a procuradoria ou da procuradoria para sua casa”, disse

“Isso nao é verdade” disse.

O advogado disse ainda que o general se encontra de boa saúde e desmentiu também a noticia de que teria desmaiado sendo essa a razão porque não foi levado para a cadeia de São Paulo.

“Isso que andam ai a dizer não é verdade”, disse esclarecendo que o general deveria ter-se apresentado no tribunal numa Sexta-feira mas que por ter-se sentido mal não o fez nesse dia mas sim na Segunda-feira seguinte.

“Depois de ser ouvido foi ele ao volante acompanhado com o comandante da policia judiciaria ate a sua casa” disse

Se for condenado, de dois a oito anos de prisão.

Fórum Facebook

XS
SM
MD
LG