Links de Acesso

Activistas de Cabinda duvidam que eleições tenham impacto no território

  • Manuel José

Membros da sociedade civil de Cabinda dizem não estar convencidos que os programas dos partidos políticos para o pleito do dia 23 de Agosto venham a resolver o problema de fundo que os cabindas vivem.

Esses activistas consideram ainda que a inclusão de indivíduos de Cabinda nas listas para deputados não é solução para a problemática de Cabinda.

Os activistas defendem qualquer que seja o governo eleito este deve organizar diálogo com todas as forcas vivas pois só assim se resolverá o diferendo do enclave.

O coordenador da Associação Cívica e Cultural de Cabinda Alexandre Kuanga desvalorizou os programas de todos os partidos que vão fazendo campanha em Cabinda como sendo meros angariadores de votos, não garantindo a solução para os problemas que aflige os cabindas.

Outro activista e advogado, Arão Tempo, pensa que do actual governo não se pode esperar grandes soluções e que os demais partidos também não têm sido os melhores para solucionar de vez o problema cabindense.

Tempo disse que convidar cabindas para fazerem parte de listas eleitorais, como fizeram alguns partidos, “não resolve o problema de Cabinda”.

"O meu apelo é que primeiro um governo responsável deve projectar uma negociação política com todas as forcas vivas de Cabinda e com supervisão da comunidade internacional”, disse

“Só assim o problema de Cabinda se resolve", acrescentou

Fórum Facebook

XS
SM
MD
LG