Links de Acesso

Índia nega ter pedido a Trump para mediar a disputa da Caxemira


Donald Trump e Narendra Modi

A Índia nega ter pedido ao presidente dos Estados Unidos da América, Donald Trump, para mediar a disputa de décadas da região da Caxemira com o Paquistão.

"Nenhum pedido desse tipo foi feito", escreveu no twitter Raveesh Kumar, porta-voz do Ministério das Relações Exteriores da Índia.

"A posição consistente da Índia é que todas as questões pendentes com o Paquistão devem ser discutidas apenas bilateralmente. Qualquer envolvimento com o Paquistão exigiria o fim terrorismo transfronteiriço,” escreveu Khumar.

Trump, na segunda-feira, disse que o primeiro-ministro indiano Narendra Modi pediu a sua ajudar na região da Caxemira.

"Se eu puder ajudar, adoraria ser mediador", disse Trump, na Casa Branca, durante um encontro com o primeiro-ministro paquistanês, Imran Khan.

"Tal como o presidente deixou claro, os Estados Unidos estão prontos para ajudar se solicitados pela Índia e Paquistão", disse à VOA um alto funcionário do governo quando solicitado a responder à recusa da Índia quanto ao primeiro-ministro Modi ter pedido a Trump para mediar a questão da Caxemira.

Caxemira, uma região nos Himalaias, é reivindicada pela Índia e pelo Paquistão. A área causou duas das três guerras entre os vizinhos com armas nucleares.

A Índia exige que o Paquistão tome medidas para desmantelar grupos militantes islâmicos baseados na Caxemira. Islamabad nega que apoia tais grupos.

O Paquistão há muito tempo que procura a mediação dos EUA na disputa da região, mas os Estados Unidos disseram anteriormente que a questão precisa ser resolvida bilateralmente entre a Índia e o Paquistão.

Fórum Facebook

XS
SM
MD
LG