quarta-feira, 22 outubro, 2014. 23:54 UTC

Notícias / Angola

Zungueiras de Luanda causam polémica

O governador de Luanda Bento Bento prometeu acabar com a zunga na capital do país durante o mandato

Zungueiras
Zungueiras
Manuel José
Analistas angolanas divididas quanto à questão da actividade das zungueiras nas ruas.

A jurista Ana Paula Godinho por exemplo interroga-se sobre se há ou não legitimidade por parte dos fiscais receberem os produtos dos zungueiros.


"Não sei com que legitimidade é que confiscam os produtos aos jovens e o dinheiro que eles arrecadam".

A advogada condena a perseguição que sofrem os vendedores ambulantes e aconselha os fiscais a organizarem-se.

"Ao invés dos fiscais andarem atrás dos miudos com cacetetes e tirarem-lhes as coisas porque não são aproveitados para ordenarem o comércio de rua".

Quem não quer ouvir falar de pessoas a venderem na rua, é a economista Laurinda Hoygard.

"Não é admissivel que as pessoas façam mercados onde querem, sem higiene, sem condições".

Combate cerrado às zungueiras nas ruas é o que defende a economista.

"Só perturbam o transito, enfim isso de facto tem que ser absolutamente combatido".

No contraponto, a jornalista Suzana Mendes pensa que as zungueiras não estão nas ruas por capricho mas sim por falta de outras opções profissionais.

"As pessoas não vão à rua, não o fazem simplesmente porque querem lá estar, elas fazem porque tem necessidade extrema de sustentar os filhos, muitas delas são mães solteiras e elas tem que estar aí".

A jornalista condena com veemencia a brutalidade praticada pelos agentes da lei contra as vendedoras ambulantes.

"A extrema violencia que às vezes é usada, eu já presenciei a forma como os agentes da policia, os fiscais agridem brutalmente at'e mulheres com bebés às costas".

Já a politica Alexandra Simeao defende a formação e emprego para os jovens vendedores, para que estes abandonem as ruas.

"Deve-se arranjar uma forma paga de se criar emprego temporario e com formação".

A divergencia de opiniões entre analistas angolanas sobre a problemática das zungueiras em Angola.

De recordar que que o governador de Luanda Bento Bento prometeu acabar com a zunga na capital do país durante o seu mandato.
O forúm foi encerrado
Comentário
Comentários
     
por: José António de Carvalho de: Cabinda
31.01.2013 13:00
Senhores economistas, juristas, ou quem quer que seja! A zunga existe em qualquer parte do mundo, até nas sociedades mais evoluídas. No meu entender, deve-se proibir vender nos passeios ou em outros lugares não apropriados. Mas proibir uma coitada senhora que vagueia pela rua à procura do seu sustento, vendendo fruta ou outra coisa que não causa qualquer desarranjo urbanístico, meus senhores, o quê que os nossos famosos governantes querem? E muitos deles foram criados pelas suas mães com dinheiro da zunga e agora que são multimilionários, esqueceram-se das origens. E aos senhores fiscais, em Cabinda já há alguns a pagarem pelo que fazem. Não vão na conversa dos vossos patrões.


por: lacey de: Luanda
30.01.2013 09:46
ok. vamos tirar as zungueiras das ruas durante o nosso mando, muito bem, que politicas sociais estão planificadas para estas pessoas que dependem das ruas para o sustento das suas famílias? não devem apenas tirar mas antes criar estratégias para a inclusão social destas pessoas, mas no nosso governo vemos o contrario, falamos mal das zugueiras não podem vender ai sei lá o que, não respeitamos estas pessoas, sem politicas sócias que se enquadram a nossa realidade veremos um dia os zungueiros fazendo seus negócios armados!!!!


por: José Armindo de: Luanda
30.01.2013 05:40
Como é que um governador que se preze tem como plano máximo da sua governação acabar com as Zungueiras!? Temos questões mais importante para resolver tais como: saúde, saneamento, educação etc. O Sr. governador tem de recorrer a memória lembrando que até o colono que tinha uma força repressiva sem precedentes não conseguiu acabar com a venda de rua (dito do avo Jojo). Se o governador dissesse que vai regularizar eu estaria aqui como voluntário para o ajudar. Sr. Governador revê esse seu plano utópico, visto que está condenado ao fracasso. Obrigado voz da América por criar um espaço de interacção.

Resposta

por: manuel de: lisboa
31.01.2013 21:54
já estive em angola , as zongeuiras são o maior exemplo vivo de como deve ser uma mulher a luta desta mulher ANGOLANA é de se louvar e não de se lhe bater , falo nestas mulheres e dou como exemplo ás mulheres portuguesas que deviam de ir a ANGOLA E VER o que é uma mãe e a sua luta , aqui querem é cigarro na boca e entregar os filhos aos outros , não lutam pelos filhos deixam pasasr fome os filhos para pintarem as unhas e cabelo , FORÇA ZUNGUEIRA se a minha querida não fosse a que me trouxe ao mundo , e me fosse dadoa escolher pedia a DEUS QUE MINHA MÃE FOSSE UMA ZUNGUEIRA


por: Francis
30.01.2013 00:34
Ser uma Zungueira nao e um previlegio, e uma necessidade para alguem necessitada para alimentar os da sua Casa, seus filhos e mais Alem....A palavra Zungueira quer dizer "Vadia" no nosso dialeto o Kimbundo. Hoje com muito Orgulho nossas Mamas ou Manas Necessitadas Sao apelidados com esse termo....Mas e com Grande Orgulho, que Elas apesar de serem Chamadas de Zungueiras ou Vadias, Elas tem coinciencia de que nao Estao Roubando a Ninguem, Nao estao prejudicando a Ninguem, Nao ofendem a Ninguem..... Sao mais os Zungueiros aqueles que tencionam acabar com a sua Honestidade para Ganhar o Pao de cada dia para os seus filhos e Familiares necessitados. O Sr. Governador de Luanda quer acabar com Elas, porque Elas constintuem uma Vergonha para O Governo Luandense incapaz de encontrar Solucoes pacificas ou criar um fundo social com emprestimos e dar um Lugar digno a Cada Zungueira. Ao invez de solucionar esse Problema, O Zungueiro do sr. Governador que nao Faz nada, Apenas quer impor a sua Autoridade Brutal para acabar com Elas pensando que ira solucionar o Problema. A Raiz do Problema em Angola e a Corrupcao e todo o Mundo sabe disso, nao sao as Zungueiras. Se cortarmos a Raiz do Problema comecando com os Governadores e nossos Politicos, e fazermos melhor distribuicao qualitativa das Riquezas para cada Familia, entao deixaremos e eliminaremos as tais 'VADIAS" ou melhor Zungueiras que nos Promovem a cada dia, A Vergonha de as ver diambulando na nossa Linda Cidade de Luanda..... Sera que estou errada?

Resposta

por: manuel de: lisboa
31.01.2013 21:48
querem preparar o caminho para a sonae belmiro , vái ser o maior desastre em angola este senhor entrar lá o que ele f~ez em portugal foi acabr com o pequeno comércio em angola 1º é as zongueiras depois sãoas loja , cuidado muito cuidado , com o belmiro da sonae

Siga-nos

Rádio

AudioAngola Fala Só: Ao Vivo I Mp3

Sexta 16:30 - 17:30 UTC
 

AudioEmissão Vespertina: Ao Vivo I Mp3

Seg-Sexta 17:00 - 18:30 UTC
 

AudioEmissão Vespertina: Ao Vivo I Mp3

Sáb-Dom 17:00 - 18:00 UTC

Os Nossos Vídeos

Your JavaScript is turned off or you have an old version of Adobe's Flash Player. Get the latest Flash player.
Mãe Trabalhadora - trailler do filmei
X
22.10.2014 18:29
O filme explora a dupla responsabilidade das mulheres moçambicanas, como mães e trabalhadoras. Gentilmente cedido pelo Organização Internacional do Trabalho
Vídeo

Vídeo Mãe Trabalhadora - trailler do filme

O filme explora a dupla responsabilidade das mulheres moçambicanas, como mães e trabalhadoras. Gentilmente cedido pelo Organização Internacional do Trabalho
Vídeo

Vídeo Manchetes Africanas 22 Outubro 2014

As noticias de Africa em imagens
Vídeo

Vídeo Ébola e os órfãos da Serra Leoa

Centenas de crianças ficaram órfãos na Serra Leoa devido ao surto do vírus do Ébola, são vítimas do estigma e da rejeição. Os familiares não querem saber deles. A Serra Leoa abriu o primeiro orfanato de vítimas do Ébola no distrito de Kailahun.
Vídeo

Vídeo Manchetes Africanas 21 Outubro 2014

As noticias de Africa em imagens
Vídeo

Vídeo Ébola: Um Poema para os Vivos

O filme da Chocolate Moose é uma animação desmistificando o Ébola, explicando a doença através do caso de um menino infectado. A VOA fez a dobragem do vídeo original na voz de Mayra de Lassalette. Saiba mais no link http://tinyurl.com/l7vgtjv
Vídeo

Vídeo Manchetes Africanas 17 Outubro 2014

As noticias de Africa em video
Vídeo

Vídeo Nascimentos na Libéria em tempos de Ébola

O hospital JFK na Libéria tinha encerrado a maternidade, devido ao Ébola, mas urge agora reabrir o serviço que já fez 93 partos desde que voltou a abrir
Vídeo

Vídeo Manchetes Africanas 15 Outubro 2014

As noticias de Africa em video
Mais Vídeos