quinta-feira, 02 outubro, 2014. 04:22 UTC

Moçambique

Dhlakama rompe conversações com o governo moçambicano

Condiciona regresso ao envolvimento da SADC e de entidades ligadas com as Nações Unidas

Afonso Dhlakama
Afonso Dhlakama
William Mapote
O líder da Renamo, Afonso Dhlakama, acaba de anunciar o rompimento das conversações que o seu partido vinha mantendo com o governo, desde o início de Dezembro passado, para o estabelecimento de nova ordem política no país.


Depois de duas rondas negociais, Dhlakama anunciou em  entrevista ao canal de televisão privado STV, o fim das negociações, cuja próxima ronda estava agendada para o dia 24 deste mês, e condiciona voltar a mesa negocial, ao envolvimento da Comunidade para o Desenvolvimento da África Austral (SADC) e de entidades ligadas as Nações Unidas.

Dhkama considera que as equipas que vinham negociando os diversos pontos em reivindicação, nomeadamente, a despartidarização da função pública, a lei eleitoral e os Acordos Gerais da Paz, de entre outras questões, já deu mostras de estar votado a fracassos.

O líder da Renamo reiterou as suas ameaças de vir a dividir o país, a partir do rio Save, que é o limite do extremo sul com as regiões centro e norte, como último recurso áquilo que chama de intransigência da Frelimo.
O forúm foi encerrado
Comentário
Comentários
     
por: ondaka yhosunga de: mundo algures
04.01.2013 13:18
isto q a renamo esta fazer e q Unita deveria tbem faer pra chamar atencao ou verar a actitude malefica do Mpla.
Se nao nada feito, temos q fazer a nossa parte tbem Angolanos ou dividimos o Pais em 2 partes ou entao nos respeitemos apartir daqui.


Galeria de fotos Dos cartazes aos comícios, a campanha de norte a sul

Moçambique vai a votos dia 15 de Outubro


Galeria de fotos Campanha Eleitoral Moçambique - Partidos percorrem país

MDM, FRELIMO e RENAMO na corrida aos votos


Galeria de fotos Campanha eleitoral em Moçambique

Veja as imagens da campanha eleitoral da RENAMO, FRELIMO e MDM . Os moçambicanos vão votar no dia 15 de Outubro para escolher o presidente e membros do parlamento.

Manifesto Eleitoral do MDM

Manifesto Eleitoral da RENAMO

Manifesto Eleitoral da FRELIMO