domingo, 20 abril, 2014. 00:38 UTC

Notícias / Estados Unidos

General americano acusado de comportamento impróprio com uma mulher

Allen vê suspensa nomeação para Comandante da NATO

General John Allen
General John Allen
Tamanho das letras - +
Redacção VOA
Responsáveis do sector da Defesa dos Estados Unidos referem que o comandante norte-americano no Afeganistão, o general John Allen, está a ser investigado – num caso que as autoridades indicam pode estar ligado com o escândalo sexual que forçou o Director da CIA David Petraeus a demitir-se.

Responsáveis do sector da Defesa referem que o general John Allen, chefe da Força de Segurança Internacional de Assistência no Afeganistão, a ISAF, está a ser investigado por alegadamente ter enviado mensagens inapropriadas a Jill Kelley – uma mulher que se encontra ligada à investigação a David Petraeus.

Petraeus demitiu-se da direcção da Central Intelligence Agency, a CIA, após ter sido revelado que tinha mantido um relacionamento sexual com a mulher identificada com sendo a autora de uma biografia de Petraeus, Paula Broadwell.

As mesmas fontes não forneceram detalhes de como Allen possa estar relacionado com o caso de Petraeus.

A investigação começou depois de Kelley se ter queixado de ameaças anónimas por correio electrónico. O FBI descobriu que a remetente das mensagens era Paula Broadwell.


As autoridades norte-americanas anunciaram a investigação a Allen aos jornalistas que acompanham o secretário da Defesa Leon Panetta no avião em que seguiam para a Austrália.

A mesma fonte indicou existir a possibilidade de o inquérito estar relacionado com a investigação a Petraeus.

O porta-voz do Pentágono indicou que o Bureau Federal de Investigação, o FBI, referiu o assunto ao Inspector-geral do departamento da Defesa.

Allen encontra-se em Washington, para participar na audiência de confirmação no Senado que estava marcada para quinta-feira, mas Panetta após consulta com o presidente Barack Obama, suspendeu a nomeação de Allen, até conclusão da investigação.

O FBI descobriu entre 20 mil e 30 mil páginas de comunicações, na maioria mensagens de correio electrónico, datadas de 2010 a 2012, entre Allen e Jill Kelley, que foi identificada como amiga da família de Petraeus.

Allen nega qualquer transgressão e Panetta, que lidera a investigação, optou por mantê-lo no cargo enquanto não há evolução no caso – e até que haja um substituto.
O forúm foi encerrado
Comentários
     
Năo existem comentários. Seja o primeiro

Siga-nos

Rádio

AudioAngola Fala Só: Ao Vivo I Mp3

Sexta 16:30 - 17:30 UTC
 

AudioEmissão Vespertina: Ao Vivo I Mp3

Seg-Sexta 17:00 - 18:30 UTC
 

AudioEmissão Vespertina: Ao Vivo I Mp3

Sáb-Dom 17:00 - 18:00 UTC

Os Nossos Vídeos

Your JavaScript is turned off or you have an old version of Adobe's Flash Player. Get the latest Flash player.
Manchetes Africanas 18 de Abrili
|| 0:00:00
...
 
🔇
X
18.04.2014
Vídeo

Vídeo "Temos muitos problemas na Guiné-Bissau", Abel Incada, candidato presidencial

Os guineenses foram às urnas a 13 de Abril e estão expectantes num novo Governo de paz e estável
Vídeo

Vídeo África do Sul vai a votos a 7 de Maio

Na África do Sul, o ANC está em campanha difícil para segurar o seu domínio no Limpopo, onde ganhou 85 por cento dos votos em 2009.
Vídeo

Vídeo Pistorius está no banco dos réus e a acusação tem sido dura

Os acusadores tentaram descrever o atleta sul-africano Oscar Pistorius como egoísta e abusivo durante o segundo dia de interrogatório no seu julgamento por homicídio.
Mais Vídeos