domingo, 21 setembro, 2014. 08:05 UTC

Moçambique

MDM e presidente da câmara recebem nota positiva em Quelimane

Habitantes da cidade consideram que infraestruturas e recolha de lixo estão a melhorar

Táxi-bicileta em Quelimane (VOA / Faizal Ibramugi)
Táxi-bicileta em Quelimane (VOA / Faizal Ibramugi)
Faizal Ibramugy
Os habitantes de Quelimane  dão nota positiva à governação local do Movimento Democrático de Moçambique que assumiu controlo da cidade há cerca de um ano em eleições municipais.




De acordo com entrevistas na cidade o município parece estar a fazer progressos substanciais na qualidade dos serviços básicos e os residentes

Volvido aproximadamente um ano de governação de Manuel de Araújo, do MDM, no Município de Quelimane, os residentes da autarquia atribuem uma nota positiva ao presidente da câmara Manuel de Araújo pela forma como tem conseguido resolver e ultrapassar os problemas que apoquentam os cidadãos.

A degradação das vias de acesso e do meio ambiente – originado pela falta de recolha de resíduos sólidos –  e a falta de colaboração entre as autoridades municipais e os operadores do comércio informal, apontados outrora como grandes preocupações, já estão a ser superados

Falando à VOA, munícipes de Quelimane disseram que o processo de recolha do lixo em todas as zonas melhorou de forma satisfatória.

Odécio Marfio, disse a titulo de exemplo que, “o Mercado Central de Quelimane que em tempos ficava meses e meses degradado, sem remoção de lixo, hoje está a beneficiar de uma limpeza diária e permanente”

Este munícipe, observou ainda que actualmente é possível efectuar compras até às 20h00 horas nos mercados locais, uma situação que não era possível no tempo de Pio Matos da Frelimo. É que segundo explicou o nosso entrevistado, o município gerido por Manuel de Araújo, acabou colocando na maior parte dos mercados, iluminação através da rede Nacional de Energia Eléctrica.

“Antes, (depois das) até 17h00 horas era impossível efectuar compras nos mercados de Quelimane devido à escuridão”, disseram vários entrevistados.

Quanto à mobilidade, segundo os nossos interlocutores, há sensivelmente um ano, era impossível transitar de autocarro nas avenidas de Quelimane, porque, como disseram, as estradas “estava muito esburacadas”.

“Antes havia aqui em Quelimane, enormes buracos. Mas como vê, hoje estamos a circular sem grandes problemas nesta cidade” disse um taxista contactado pela VOA.
Recorde-se que, este ano, Quelimane conheceu o sistema de regulação automática de trânsito, vulgo semáforos.

A cidade de Quelimane também é conhecida no país como a terra da bicicleta, sobretudo pela forma como os seus residentes usam este velocípede para gerar rendimentos através de transporte de pessoas e bens. Mas, apesar disso, segundo os nossos entrevistados, antes de Manuel de Araújo, os operadores de bicicletas estavam sujeitos ao pagamento de vários impostos, situação que hoje ficou minimizada.

Taxi e cliente em Quelimane ( Foto Faizal Ibramugy)Taxi e cliente em Quelimane ( Foto Faizal Ibramugy)
x
Taxi e cliente em Quelimane ( Foto Faizal Ibramugy)
Taxi e cliente em Quelimane ( Foto Faizal Ibramugy)
“Nós os vendedores ambulantes, incluindo taxistas de bicicletas éramos constantemente caçados e proibidos de realizar nossas actividades normalmente pelas autoridades municipais. Hoje, realizamos as nossas actividades sem medo, graças ao Araújo”, disse um comerciante informal.
Para os munícipes de Quelimane, o abastecimento de água também melhorou nos últimos meses, com a construção, nos diferentes bairros, de fontenários públicos.
O forúm foi encerrado
Comentário
Comentários
     
por: Galhardo Antonio de: Morrumbala
29.11.2012 17:34
Quero agradecer a Deus que ja procura resgatar o povo do sofrimento por meio do MDM, que ajude a todos Mocambicanos a tomar consciencia e reconhecam MDM que e um Verdadeiro Partido de Mudanca


Galeria de fotos Dos cartazes aos comícios, a campanha de norte a sul

Moçambique vai a votos dia 15 de Outubro


Galeria de fotos Campanha Eleitoral Moçambique - Partidos percorrem país

MDM, FRELIMO e RENAMO na corrida aos votos


Galeria de fotos Campanha eleitoral em Moçambique

Veja as imagens da campanha eleitoral da RENAMO, FRELIMO e MDM . Os moçambicanos vão votar no dia 15 de Outubro para escolher o presidente e membros do parlamento.

Manifesto Eleitoral do MDM

Manifesto Eleitoral da RENAMO

Manifesto Eleitoral da FRELIMO