domingo, 20 abril, 2014. 08:33 UTC

Notícias / Angola

Partidos políticos angolanos contestam as perseguições às zungeiras

CASA-CE e MPLA contra violência policial que se abate sobre vendedoras ambulantes

Avenida Marginal, Luanda
Avenida Marginal, Luanda
Tamanho das letras - +
Coque Mukuta
— O MPLA condena perseguições e assédio sexual às vendedoras ambulantes.

Depois das organizações da sociedade civil angolana terem condenado a chantagem, perseguições e assédio sexual por parte de elementos da Polícia Nacional e da Fiscalização contra as vendedoras ambulantes (zungueiras), os deputados do MPLA e da CASA-CE juntaram-se à onda de protesto e revelam mesmo que preparam acções práticas para ajudar aquelas vendedoras.

Palavras de solidariedade, alento e garantia de nos próximos dias darem atenção aos maus tratos contra as vendedoras ambulantes vêm da CASA-CE como revela Lindo Bernardo Tito porta-voz daquela formação política.

“No debate que se está a desenvolver sobre orçamento, será a ocasião para indagar qual é a política que têm para proteger as mamãs zungueiras,” frisou.


Para o MPLA, partido governante, na voz do quarto vice-presidente da sua bancada parlamentar, jurista João Pinto, o grande problema reside na segurança pública e na urbanidade das capitais

Para o parlamentar as vendedoras deixam imobilizadas algumas ruas, mas segundo o político os agentes da fiscalização e da Polícia Nacional não devem recorrer à força ou violência contra as vendedoras ambulantes.

“Todos os órgãos que se dedicam à manutenção da ordem pública devem actuar de forma pedagógica e não de forma abusiva e imprópria, devem por via de informação e de acompanhamento, não utilizarem a violência porque isto é condenável pela constituição,” disse.

Lembro que o actual Governador da Província de Luanda Bento Bento disse em 2012 que uma das medidas mais urgentes do seu consulado seria estancar a actividade comercial nas ruas de Luanda, sobretudo em Viana, São Paulo e Congolenses.
O forúm foi encerrado
Comentário
Comentários
     
por: vitor de: sacavem
17.01.2013 18:25
espero que o governo de angola , não se deixe iludir e crie em angola a forma de comércio como no mundo ocidental , que é o comércio das grandes superficies , será o maior erro , e irá provoca um grande desiquilibrio nas familias , não é o comercio das zungueiras que afectará a evolução de angola pelo contrário , a partilha do comércio e o seu lucro será divido por milhares de angolanos , o maior erro de portugal é esse mesmo só os ricos é que podem vender a classe média já não há , um pais só é pais coma divisão da riqueza ,

Siga-nos

Rádio

AudioAngola Fala Só: Ao Vivo I Mp3

Sexta 16:30 - 17:30 UTC
 

AudioEmissão Vespertina: Ao Vivo I Mp3

Seg-Sexta 17:00 - 18:30 UTC
 

AudioEmissão Vespertina: Ao Vivo I Mp3

Sáb-Dom 17:00 - 18:00 UTC

Os Nossos Vídeos

Your JavaScript is turned off or you have an old version of Adobe's Flash Player. Get the latest Flash player.
Manchetes Africanas 18 de Abrili
|| 0:00:00
...
 
🔇
X
18.04.2014
Vídeo

Vídeo "Temos muitos problemas na Guiné-Bissau", Abel Incada, candidato presidencial

Os guineenses foram às urnas a 13 de Abril e estão expectantes num novo Governo de paz e estável
Vídeo

Vídeo África do Sul vai a votos a 7 de Maio

Na África do Sul, o ANC está em campanha difícil para segurar o seu domínio no Limpopo, onde ganhou 85 por cento dos votos em 2009.
Vídeo

Vídeo Pistorius está no banco dos réus e a acusação tem sido dura

Os acusadores tentaram descrever o atleta sul-africano Oscar Pistorius como egoísta e abusivo durante o segundo dia de interrogatório no seu julgamento por homicídio.
Mais Vídeos