sábado, 19 abril, 2014. 14:29 UTC

Notícias / África

Líder do motim em Bissau pode ser ouvido pelo ministério publico

Para muitos, a captura de Pansau Intchama, abre uma nova perspectiva sobre processos de assassinatos políticos ocorridos no país em 2009

Soldado bissau-guineense em posição de guarda, no quartel-general de Bissau (Arquivo)
Soldado bissau-guineense em posição de guarda, no quartel-general de Bissau (Arquivo)
Tamanho das letras - +
Lassana Casamá
Para muitos, a captura de Pansau Intchama, considerado cabecilha da alegada tentativa de assalto ao regimento de comandos no passado dia 21 do mês corrente, abre uma nova perspectiva sobre processos de assassinatos políticos ocorridos no país em 2009.

Ele é tido como testemunha chave de operações militares que resultaram nas mortes do Presidente Nino Vieira, Baciro Dabo, então candidato presidencial e do deputado Hélder Proença.


Na opinião do jurista guineense, Fode Mané, Pansau Intchama, preso numa circunstância diferente, e com outro móbil de suspeita, pode ser ouvido pelo Ministério Publico no âmbito dos citados processos crimes, nos quais representa uma peça fundamental, se não uma das mais importantes, o tal procedimento, dependerá da validade processual da sua implicação nestes casos.

Alerta, por isso, para que Pansau Intchama não seja considerado como a peça concludente em todo estes processos. O jurista exige maior cautela das autoridades judiciais encarregues na condução dos casos em referência. 

"Considerava todos os elementos necessários para juntar o processo, mas também com o princípio de que todos podem ser dispensáveis. Juntar tudo, e depois fazer uma triagem daquilo que é necessário, mas não tirar nenhuma conclusão."

O facto de Pansau Intchama ter ocupado uma posição cimeira na hierarquia do Estado-maior General das Forças Armadas, na era de José Zamora Induta, não é o suficiente para considera-lo uma  testemunha detentora de toda a verdade, considera ainda o Jurista Fode Mané.

"A posição que ocupava. A pessoa pode estar numa posição, mas não ter acesso a todas as outras informações. Depende de que forma as informações são tratadas, qual é o papel dele como vice-chefe, mas também como uma pessoa dos serviços de informação".

O Jurista guineense, Fode Mané, falando da importância, ou não, de Pausau Intchama nos processos judiciais de assassinatos políticos ocorridos no país em 2009.

Ele é qualificado como testemunha de ouro nos citados casos.
O forúm foi encerrado
Comentário
Comentários
     
por: Laurentino de: Portugal
21.11.2012 10:12
NO COMMENT !


por: Laurentino de: Portugal
21.11.2012 10:10
NO COMMENT !

Siga-nos

Rádio

AudioAngola Fala Só: Ao Vivo I Mp3

Sexta 16:30 - 17:30 UTC
 

AudioEmissão Vespertina: Ao Vivo I Mp3

Seg-Sexta 17:00 - 18:30 UTC
 

AudioEmissão Vespertina: Ao Vivo I Mp3

Sáb-Dom 17:00 - 18:00 UTC

Os Nossos Vídeos

Your JavaScript is turned off or you have an old version of Adobe's Flash Player. Get the latest Flash player.
Manchetes Africanas 18 de Abrili
|| 0:00:00
...
 
🔇
X
18.04.2014
Vídeo

Vídeo "Temos muitos problemas na Guiné-Bissau", Abel Incada, candidato presidencial

Os guineenses foram às urnas a 13 de Abril e estão expectantes num novo Governo de paz e estável
Vídeo

Vídeo África do Sul vai a votos a 7 de Maio

Na África do Sul, o ANC está em campanha difícil para segurar o seu domínio no Limpopo, onde ganhou 85 por cento dos votos em 2009.
Vídeo

Vídeo Pistorius está no banco dos réus e a acusação tem sido dura

Os acusadores tentaram descrever o atleta sul-africano Oscar Pistorius como egoísta e abusivo durante o segundo dia de interrogatório no seu julgamento por homicídio.
Mais Vídeos