sexta-feira, 29 maio, 2015. 20:10 UTC

Notícias / Angola

SOS Habitat protesta contra demolições no Cacuaco

Organização pede audiência ao presidente da Assembleia Nacional

Redacção VOA
A organização não governamental SOS Habitat apresentou queixa á Assembleia Nacional sobre os últimos despejos nos arredores de Luanda que deixaram milhares de pessoas ao relento.




Rafael Morais, dessa organização,  disse que as ultimas demolições no Cacuaco, tinham violado “ de certa maneira os direitos das pessoas”.

“As pessoas no Cacuaco foram levadas para um lugar baldio sem nenhuma condição,” disse Morais que acrescentou que a sua organização tinha pedido uma audiência ao presidente do parlamento para discutir a questão.

As demolições no Cacuaco provocaram protestos de várias entidades entre as quais do dirigente da Open Society que no programa Angola fala Só se mostrou indignado com o que se tinha passado.

A organização de direitos humanos, Human Rights Watch emitiu também um comunicado relatando o acontecimento e um posterior incidente em que agentes da polícia actuaram para impedir uma delegação da UNITA de se avistar com os desalojados.

Rafael Morais da SOS Habitat disse que à Voz da América que as constatações da Human Rights Watch traduzem a realidade dos factos que ocorrem diàriamente em Angola.
O forúm foi encerrado
Comentários
     
Năo existem comentários. Seja o primeiro

Siga-nos

Rádio

AudioAngola Fala Só: Ao Vivo I Mp3

Sexta 16:30 - 17:30 UTC
 

AudioEmissão Vespertina: Ao Vivo I Mp3

Seg-Qui 17:00 - 18:30 UTC
 

AudioEmissão Vespertina: Ao Vivo I Mp3

Sexta-feira 17:30 UTC
 

AudioEmissão Vespertina: Ao Vivo I Mp3

Sáb-Dom 17:00 - 18:00 UTC

Os Nossos Vídeos

Your JavaScript is turned off or you have an old version of Adobe's Flash Player. Get the latest Flash player.
Sakala: "Huambo é caso para tribunal internacional; Cabinda devia ser região autónoma"i
X
29.05.2015 15:05
Alcides Sakala, porta-voz da UNITA, principal partido da oposição em Angola, fala do caso Kalupeteka (dezenas de pessoas morreram de forma misteriosa), considerando-o o ponto mais alto das violações dos direitos humanos. Cabinda por seu lado devia ser autónoma como a Madeira. Entrevista a 22 de Maio
Vídeo

Vídeo Sakala: "Huambo é caso para tribunal internacional; Cabinda devia ser região autónoma"

Alcides Sakala, porta-voz da UNITA, principal partido da oposição em Angola, fala do caso Kalupeteka (dezenas de pessoas morreram de forma misteriosa), considerando-o o ponto mais alto das violações dos direitos humanos. Cabinda por seu lado devia ser autónoma como a Madeira. Entrevista a 22 de Maio
Vídeo

Vídeo Protestos em Bujumbura

O ambiente em Bujumbura continua sob muita tensao. Hoje foi dia de protestos na capital do Burundi
Vídeo

Vídeo Manchetes do Mundo 25 de Maio 2015

As imagens noticiosas do mundo
Mais Vídeos