sexta-feira, 19 dezembro, 2014. 18:11 UTC

Moçambique

Moçambique precisa de 15 milhões de dólares de ajuda de emergência

Cheias causaram pelo menos 69 mortos e destruição em larga escala

EUA ajudam vítimas das cheias em Moçambique
EUA ajudam vítimas das cheias em Moçambique
A Organização das Nações Unidas (ONU) vai lançar a qualquer momento, um apelo internacional de ajuda para assegurar assistência humanitária para vítimas das cheias que afectam o centro e o sul de Moçambique.



Segundo um comunicado de imprensa emitido sexta-feira pela delegação da ONU em Maputo, está em curso, junto dos parceiros, a revisão da situação no terreno, para permitir um rápido apelo adicional de ajuda do Fundo Central de Resposta a Emergências, para permitir uma intervenção para salvar vidas.

Estimas provisórias apontam para pelo menos USD 15 milhões adicionais necessários para responder a actual emergência no país, valor que corresponde ao triplo do que o governo disponibilizou para o Plano de Contingência.

“Em consultas com o governo moçambicano, vamos lançar um apelo aos nossos doadores para disponibilizarem de imediato fundos adicionais para ajudar a responder a esta emergência”, indica o comunicado da ONU em Moçambique.

Os números actuais apontam para uma situação que está no escalão de drama humanitário nas zonas afectadas, com destaque para Guijá e Chókwè, na província de Gaza.

São 117 mil deslocados, 69 mortos e alguns desaparecidos, que se acredita terem sido arrastados pela força das águas do rio Limpopo, o maior curso de água da zona sul.

Em alguns distritos de Gaza, o governo está já a preparar a criação de pontes aéreas para fazer chegar a assistência aos afectados, por causa da inacessibilidade rodoviária em que se encontram.

Depois de dois dias com a ligação rodoviária entre o sul e o resto do país cortada, devido as inundações na cidade do Xai-Xai, a estrada nacional número 1 reabriu ao tráfego na madrugada de segunda-feira.

Neste momento as autoridades preparam o anúncio do fim do apelo de evacuação que havia sido lançado para Xai-Xai, o que vai permitir as famílias que haviam abandonado a baixa daquela cidade, o regresso as suas casas.
O forúm foi encerrado
Comentários
     
Năo existem comentários. Seja o primeiro

Siga-nos

Rádio

AudioAngola Fala Só: Ao Vivo I Mp3

Sexta 16:30 - 17:30 UTC
 

AudioEmissão Vespertina: Ao Vivo I Mp3

Seg-Qui 17:00 - 18:30 UTC
 

AudioEmissão Vespertina: Ao Vivo I Mp3

Sexta-feira 17:30 UTC
 

AudioEmissão Vespertina: Ao Vivo I Mp3

Sáb-Dom 17:00 - 18:00 UTC

Os Nossos Vídeos

Your JavaScript is turned off or you have an old version of Adobe's Flash Player. Get the latest Flash player.
Gozar com Kim Jong Un é assunto sérioi
X
19.12.2014 09:19
O filme " A Entrevista" com James Franco e Seth Rogen foi realizado, mas a Sony Pictures Entertainment cancelou a sua estreia. O que prometia ser um sucesso de bilheteiras para Hollywood tornou-se num pesadelo entre ameaças da Coreia do Norte aos Estados a ataques de pirataria à Sony Pictures.
Vídeo

Vídeo Gozar com Kim Jong Un é assunto sério

O filme " A Entrevista" com James Franco e Seth Rogen foi realizado, mas a Sony Pictures Entertainment cancelou a sua estreia. O que prometia ser um sucesso de bilheteiras para Hollywood tornou-se num pesadelo entre ameaças da Coreia do Norte aos Estados a ataques de pirataria à Sony Pictures.
Vídeo

Vídeo Presidente Obama fala aos cubanos

"Ao povo cubano, os EUA estendem a sua mão de amizade"
Vídeo

Vídeo Manchetes Africanas 18 Dezembro 2014

As imagens noticiosas de Africa
Vídeo

Vídeo Manchetes Africanas 17 Dezembro 2014

As imagens das noticias de Africa
Vídeo

Vídeo Manchetes Africanas 12 Dezembro 2014

As imagens das noticias africanas
Mais Vídeos