quinta-feira, 31 julho, 2014. 15:32 UTC

Notícias / Angola

Governo deve pronunciar-se sobre detenção de correspondente da VOA, diz activista dos direitos humanos

Prisão demonstra que governo é contra monitorização das suas actividades

Coque Mukuta
Coque Mukuta
Venâncio Rodrigues
— O secretário executivo do Conselho de coordenação dos Direitos Humanos de Angola, Francisco Tunga Alberto, desafiou o Ministro da Justiça e dos Direitos Humanos e a imprensa a pronunciarem-se sobre a agressão e detenção, pela polícia angolana, do jornalista Coque Mukuta, na última sexta-feira, na vila de Viana, em Luanda.


Depois de condenar de forma àspera a atitude da Polícia, o responsável cívico   manifestou-se preocupado com o estado de saúde do Coque Mukuta tendo sugerido que  a vítima devia ser submetida a exames médicos para se determinar se a agressão não trará consequência sobre o seu estado de saúde no futuro.

Tunga Alberto considerou que a recente actuação da Polícia, “confirma, mais uma vez” que o regime do MPLA é contra a monitorização, pela imprensa, do desempenho do seu Governo  .

O correspondente da Voz da América foi agredido e detido, por várias horas, quando se encontrava em serviço de reportagem na vila satélite de Viana, na sexta-feira.

O jornalista entrevistava vendedoras de rua que acusara os agentes da Fiscalização e da Polícia da Ordem Pública de chantagem, intimidação e assédio sexual.
O forúm foi encerrado
Comentário
Comentários
     
por: prof.kiluange de: new york
08.01.2013 20:04
Em Angola, se o problema fosse "só" o sr. José Eduardo dos Santos e seus comparsas dire(c)tos nacionais... hoje nós já [o] teríamos resolvido num abrir e fechar de olhos!... seria tanta desonestidade intelectual "rotularmos a oposição de débil politica", quando na verdade os seus respectivos esforços [individuais ou colectivos!]meramente conseguem pôr a mão na ferida que "dói"... Dos Santos mentiu-se a si próprio...ao povo angolano e a comunidade internacional...e..quando mais de 5.000 mil indivíduos chineses da contra- inteligência chinesa operantes em Angola são capazes de influenciar e agir os destinos do nosso próprio produto interno bruto (PIB), avaliados em mais de $115.9 bilhões (2011 est.),e matérias-primas e derivados , terras aráveis, etc., pergunta-se: até que ponto somos capazes de "minimizar" um possível recurso imediato ao extremo?

PIB-info/referencia..http://www.indexmundi.com/pt/angola/produto_interno_bruto_(pib).html

Siga-nos

Rádio

AudioAngola Fala Só: Ao Vivo I Mp3

Sexta 16:30 - 17:30 UTC
 

AudioEmissão Vespertina: Ao Vivo I Mp3

Seg-Sexta 17:00 - 18:30 UTC
 

AudioEmissão Vespertina: Ao Vivo I Mp3

Sáb-Dom 17:00 - 18:00 UTC

Os Nossos Vídeos

Your JavaScript is turned off or you have an old version of Adobe's Flash Player. Get the latest Flash player.
Cadija Mané - Participante Yalii
X
31.07.2014 14:18
Cadija Mané - Participante Yali. Veio da Guiné-Bissau, onde trabalha como coordenadora da Casa dos Direitos. Regressa para a Guiné com mais determinação e força de vontade para mudar as coisas
Vídeo

Vídeo Cadija Mané - Participante Yali

Cadija Mané - Participante Yali. Veio da Guiné-Bissau, onde trabalha como coordenadora da Casa dos Direitos. Regressa para a Guiné com mais determinação e força de vontade para mudar as coisas
Vídeo

Vídeo Vilma Nhambi - Participante Yali

Vilma Nhambi - Participante Yali. Veio de Moçambique e tem um projecto com mulheres e adolescentes nas zonas rurais.
Vídeo

Vídeo Selma Neves - Participante Yali

Selma Neves - Participante Yali, veio de Cabo Verde. É Presidente da Incubadora, uma cooperativa de empoderamento de mulheres e fica por mais dois meses para um estágio em Nova Iorque
Vídeo

Vídeo Manchetes Americanas 29 Julho 2014

Os principais assuntos que fazem a actualidade dos Estados Unidos da América, com Bruna Ladeira
Vídeo

Vídeo Majo Joseph - Participante Yali

Majo Joseph - Participante Yali veio de Moçambique e a sua área de acção é a sociedade civil e seu empoderamento
Vídeo

Vídeo Akiules Neto - Participante Yali

Akiules Neto - Participante Yali. Veio de Angola e a sua vida são os números
Vídeo

Vídeo Mamografias 3D revolucionam detecção do cancro da mama

Durante anos as mamografias desempenharam um papel vital na detecção do cancro da mama. Mas nem sempre conseguem identificar tumores perigosos. A tecnologia a três dimensões pode revolucionar a triagem e salvar vidas
Vídeo

Vídeo Manchetes Africanas 25 Julho 2014

Os títulos que encerraram a semana no continente africano. Dos ataques do Boko Haram à expansão do vírus do ébola
Vídeo

Vídeo Manchetes Americanas 24 Julho 2014

Os principais acontecimentos que marcam a actualidade americana na penúltima semana do mês de Julho
Mais Vídeos