sábado, 19 abril, 2014. 09:53 UTC

Notícias / Angola

Governo deve pronunciar-se sobre detenção de correspondente da VOA, diz activista dos direitos humanos

Prisão demonstra que governo é contra monitorização das suas actividades

Coque Mukuta
Coque Mukuta
Tamanho das letras - +
Venâncio Rodrigues
— O secretário executivo do Conselho de coordenação dos Direitos Humanos de Angola, Francisco Tunga Alberto, desafiou o Ministro da Justiça e dos Direitos Humanos e a imprensa a pronunciarem-se sobre a agressão e detenção, pela polícia angolana, do jornalista Coque Mukuta, na última sexta-feira, na vila de Viana, em Luanda.


Depois de condenar de forma àspera a atitude da Polícia, o responsável cívico   manifestou-se preocupado com o estado de saúde do Coque Mukuta tendo sugerido que  a vítima devia ser submetida a exames médicos para se determinar se a agressão não trará consequência sobre o seu estado de saúde no futuro.

Tunga Alberto considerou que a recente actuação da Polícia, “confirma, mais uma vez” que o regime do MPLA é contra a monitorização, pela imprensa, do desempenho do seu Governo  .

O correspondente da Voz da América foi agredido e detido, por várias horas, quando se encontrava em serviço de reportagem na vila satélite de Viana, na sexta-feira.

O jornalista entrevistava vendedoras de rua que acusara os agentes da Fiscalização e da Polícia da Ordem Pública de chantagem, intimidação e assédio sexual.
O forúm foi encerrado
Comentário
Comentários
     
por: prof.kiluange de: new york
08.01.2013 20:04
Em Angola, se o problema fosse "só" o sr. José Eduardo dos Santos e seus comparsas dire(c)tos nacionais... hoje nós já [o] teríamos resolvido num abrir e fechar de olhos!... seria tanta desonestidade intelectual "rotularmos a oposição de débil politica", quando na verdade os seus respectivos esforços [individuais ou colectivos!]meramente conseguem pôr a mão na ferida que "dói"... Dos Santos mentiu-se a si próprio...ao povo angolano e a comunidade internacional...e..quando mais de 5.000 mil indivíduos chineses da contra- inteligência chinesa operantes em Angola são capazes de influenciar e agir os destinos do nosso próprio produto interno bruto (PIB), avaliados em mais de $115.9 bilhões (2011 est.),e matérias-primas e derivados , terras aráveis, etc., pergunta-se: até que ponto somos capazes de "minimizar" um possível recurso imediato ao extremo?

PIB-info/referencia..http://www.indexmundi.com/pt/angola/produto_interno_bruto_(pib).html

Siga-nos

Rádio

AudioAngola Fala Só: Ao Vivo I Mp3

Sexta 16:30 - 17:30 UTC
 

AudioEmissão Vespertina: Ao Vivo I Mp3

Seg-Sexta 17:00 - 18:30 UTC
 

AudioEmissão Vespertina: Ao Vivo I Mp3

Sáb-Dom 17:00 - 18:00 UTC

Os Nossos Vídeos

Your JavaScript is turned off or you have an old version of Adobe's Flash Player. Get the latest Flash player.
Manchetes Africanas 18 de Abrili
|| 0:00:00
...
 
🔇
X
18.04.2014
Vídeo

Vídeo "Temos muitos problemas na Guiné-Bissau", Abel Incada, candidato presidencial

Os guineenses foram às urnas a 13 de Abril e estão expectantes num novo Governo de paz e estável
Vídeo

Vídeo África do Sul vai a votos a 7 de Maio

Na África do Sul, o ANC está em campanha difícil para segurar o seu domínio no Limpopo, onde ganhou 85 por cento dos votos em 2009.
Vídeo

Vídeo Pistorius está no banco dos réus e a acusação tem sido dura

Os acusadores tentaram descrever o atleta sul-africano Oscar Pistorius como egoísta e abusivo durante o segundo dia de interrogatório no seu julgamento por homicídio.
Mais Vídeos