sábado, 25 abril, 2015. 10:58 UTC

Notícias / Angola

Angola: Preços altos e burocracia impedem desenvolvimento do turismo

Os custos logísticos elevados, bem como constrangimentos burocráticos levam a que Angola seja ainda pouco atractiva, para se fazer turismo

Avenida Marginal, Luanda
Avenida Marginal, Luanda
Manuel José
A carestia dos serviços é um dos motivos que faz com que os turistas estrangeiros não venham a Angola concluem analistas. Os custos logísticos elevados, bem como constrangimentos burocráticos levam a que Angola seja ainda pouco atractiva, para se fazer turismo, segundo a jurista Ana Paula Godinho:

“Temos um país muito caro, temos um país em que a mão-de-obra é muito barata mas as coisas são muito caras”.

Ana Paula Godinho acredita que a exigência de apresentação de uma carta de chamada, para se entrar no país, afasta os turistas estrangeiros:

“Para vir para Angola precisa de ter uma carta de chamada, eu vou passar férias a qualquer sítio do mundo ninguém me pede carta de chamada, ninguém me pede outro tipo de coisas que pedem para vir a Angola”.

É preciso, na óptica da advogada, acabar com estas exigências se quisermos incentivar actividades turísticas em Angola:

“São constrangimentos inadmissíveis num país que quer fomentar o turismo”.

Para a analista política Alexandra Simeão, mesmo para os turistas internos, as famílias preferem ir ao estrangeiro por causa da carestia em Angola:

“Sai mais barato uma família ir, por exemplo, à Namíbia de avião e ficar num hotel de cinco estrelas ou ir à África do Sul do que ir ao Lubango”.

A analista política criticou igualmente o pedido de carta de chamada para os estrangeiros visitarem Angola.
“Essa coisa da carta de chamada é incompreensível, se um cidadão na Suécia quiser vir cá e não tiver um parente e ele diga que quer ver a Igreja de Mbanza Congo, quem lhe vai dar uma carta de chamada? À partida isto não pode ser um país que apela ao turismo”.

Já a economista Laurinda Hoygaard aponta o fraco saneamento básico de Luanda como a razão para afugentar os turistas estrangeiros, como um dia Luanda poderá se transformar numa cidade desértica:

“A cidade de Luanda a continuar desta maneira vai ser uma cidade inabitável, dentro de algum tempo”.

Angola um país pouco atractivo para actividades turísticas, de acordo com vários analistas angolanas.
.
O forúm foi encerrado
Comentário
Comentários
     
por: Bento&Bento de: Luanda
20.12.2012 10:32
concordo apenas com a Drª Laurinda, porque se não haver meio para se fazer turismo não adianta eles viajarem pra Angola! e duvido que algum estrangeiro tenha vontade de fazr turismo em aqui nesta altura pque a verdadeira vinda deles è o trabalho que na europa e america não existe. Pra mim dâ-me a censacao de que para os analistas o turismo só e´feito com os estrageiros.ERRADO! o melhor turista é o local. temos como exemplo o Brasil onde os turista são os proprios brasileiro com cerca de 95% e os estrangeiros com 5%. ABRAM OS OLHOS!


por: Fragoso de: Alemanha
19.12.2012 22:30
Apesar da carta de chamada, Angola tem um dos vistos turísticos mais caros do Mundo (€ 250,00)... e depois o péssimo servico das nossas Embaixadas.

Siga-nos

Rádio

AudioAngola Fala Só: Ao Vivo I Mp3

Sexta 16:30 - 17:30 UTC
 

AudioEmissão Vespertina: Ao Vivo I Mp3

Seg-Qui 17:00 - 18:30 UTC
 

AudioEmissão Vespertina: Ao Vivo I Mp3

Sexta-feira 17:30 UTC
 

AudioEmissão Vespertina: Ao Vivo I Mp3

Sáb-Dom 17:00 - 18:00 UTC

Os Nossos Vídeos

Your JavaScript is turned off or you have an old version of Adobe's Flash Player. Get the latest Flash player.
Passadeira Vermelha: Star Wars, Oprah Winfrey e filha de Whitney Houston acendem os holofotes!i
X
24.04.2015 16:24
O episódio 12 da #PassadeiraVermelha da VOA traz novidades da Oprah Winfrey, uns miminhos do Star Wars, daqueles bem bons e vamos ver quem rebentou o record de vendas de bilheteira de cinema das últimas semanas!
Vídeo

Vídeo Passadeira Vermelha: Star Wars, Oprah Winfrey e filha de Whitney Houston acendem os holofotes!

O episódio 12 da #PassadeiraVermelha da VOA traz novidades da Oprah Winfrey, uns miminhos do Star Wars, daqueles bem bons e vamos ver quem rebentou o record de vendas de bilheteira de cinema das últimas semanas!
Vídeo

Vídeo O Auxílio à morte nos Estados Unidos

Nos 18 anos da lei "Morte com Dignidade" no Oregon, cerca de 750 pessoas terminaram suas vidas com drogas letais. O medicamento também pode ser prescrito no Estado de Washington, Novo México, Vermont e Montana. Uma paciente terminal abriu o debate a outros estados
Vídeo

Vídeo Xenofobia na África do Sul

Na semana passada, a África do Sul foi tomada por ataques contra estrangeiros que moram no país. Alguns dizem que os ataques são culpa do legado do colonialismo, outros dizem que são problemas económicos da nação. Independentemente da causa, sul-africanos rezam pelo fim da violência.
Mais Vídeos