Links de Acesso

São Tomé e Príncipe: Presidente defende debate amplo sobre a saúde

  • William Mapote

Técnicos de laboratório Santomenses (Arquivo)

Técnicos de laboratório Santomenses (Arquivo)

Manuel Pinto da Costa fez a radiografia do sector da saúde e pediu conjunções de esforços para relançar um sistema completamente debilitado

Em São Tomé o presidente Manuel Pinto da Costa anunciou que vai organizar um amplo debate nacional para apontar vias de solução dos problemas do sector da saúde.

Pinto da Costa fez hoje o balanço de uma semana de visitas ao sector da saúde, que resultou na demissão da ministra de tutela Angela Pinheiro.

Após uma semana de contato direto com os técnicos das diversas instituições sanitárias do país, o presidente da república chegou a conclusão que o sistema nacional de saúde está doente.

Perante a constatação da situação dramática da saúde em São Tomé e Príncipe, Manuel Pinto da Costa considera que o rigor na gestão dos recursos postos a disposição do setor e um amplo debate técnico sobre as dificuldades do sistema podem travar a degradação das infraestruturas sanitárias e a crise de equipamentos e medicamento verificas nas últimas décadas.

Ainda assim, Pinto da Costa prefere não apontar o dedo a qualquer governo, acreditando apenas que num clima de diálogo e com o esforço de todos é possível inverter a situação.

Por outro lado num decreto presidencial tardio, Manuel Pinto da Costa formalizou esta terça-feira a exoneração da Ministra da Saúde e Assuntos Sociais Ângela Pinheiro que havia apresentado o seu pedido de demissão ao Primeiro-ministro na sequência do propalado incidente com o Presidente da República durante a presidência direta ao setor da saúde.
XS
SM
MD
LG