Links de Acesso

Maputo confirma primeiro óbito por gripe das aves

  • William Mapote

As autoridades desconhecem a proveniência do foco de contaminação

O Ministério da Saúde acaba de confirmar a ocorrência do primeiro óbito vítima do vírus H1N1, também conhecida por gripe das aves.

Segundo as autoridades sanitárias, a única vítima confirmada é um bebé, recém nascido, que morreu à sexta semana de vida, vítima desta doença.

Através de um comunicado de imprensa, o Ministério da Saúde indica que a vítima fazia parte de seis casos registados e confirmados em todo o país, desde que foi diagnosticado o primeiro caso, a 19 de Fevereiro passado.

Desde que foram conhecidos os primeiros casos epidémicos desta doença ao nível mundial, em 2009, este foi o primeiro óbito conhecido em Moçambique.

Apesar da facilidade de transmissão do vírus, as autoridades nacionais dizem não haver ainda nada a temer, uma vez que a situação está controlada.

As autoridades desconhecem a proveniência do foco de contaminação.

Ao nível africano, o Ministério moçambicano da Saúde diz haver registo de um total de 205 casos, sendo a Nigéria, a Tanzania e o Congo Brazzavile, os que apresentam maior número de casos.
XS
SM
MD
LG