Links de Acesso

Moçambique: Seita religiosa rapta 3 dezenas de estudantes

  • Simião Pongoane

Jovens estudantes moçambicanos têm vindo a ser aliciados por várias seitas religiosas.

Jovens estudantes moçambicanos têm vindo a ser aliciados por várias seitas religiosas.

Os pais dos jovens foram à esquadra da polícia de Magoanine exigirem a cabeça do líder da seita "Ministério-Geração com Propósito".

Em Moçambique 3 dezenas de jovens foram raptados por uma seita religiosa. Alguns dos jovens já foram libertados, mas as suas famílias querem explicações sobre o sucedido.
Pelo menos 11 jovens dos cerca de trinta desaparecidos com uma seita religiosa nos arredores da cidade de Maputo desde semana passada foram recuperados, numa cabana num dos bairros da capital do país.

Os pais dos jovens foram à esquadra da polícia de Magoanine exigirem a cabeça do pastor da igreja “Ministério - Geração com Propósito”, detido pela Polícia.

Os jovens desaparecidos de ambos os sexos, são todos alunos em diferentes escolas secundárias, da cidade de Maputo.

Os recuperados disseram à polícia que estavam fechados numa cabana a rezarem porque a seita religiosa acredita que “com Deus os jovens podem conseguir tudo na vida”.

Aquela seita considera que educação escolar e a televisão são obras do diabo que não ajudam a juventude evangélica engajada.

É a segunda vez que o pastor, apenas conhecido por Alberto, da igreja “Ministério-Geração com Propósito” se envolve no desaparecimento de jovens.

No início deste ano, o pastor Alberto foi detido pela polícia na cidade de Xai-Xai, província de Gaza, na sequência de desaparecimento de jovens crentes, tendo saído da prisão mediante o pagamento de caução de cerca de duzentos dólares.

Nessa altura, os jovens regressaram ao convívio dos seus pais e também explicaram que o Ministério-Geração considera a educação escolar e televisão obras do Diabo.

Em Moçambique, depois do Acordo Geral de Paz mediado pela Igreja Católica, tem havido grande proliferação de igrejas , e actualmente há mais de 700 igrejas registadas no país.

Mostrar Comentários

XS
SM
MD
LG