Links de Acesso

Livro de Ungulani Ba Ka Khosa é um dos 100 melhores romances africanos do sec. XX

  • Bárbara Ferreira Santos

O escritor moçambicano Ungulani Ba Ka Khosa disse à Voz da América que ele comemora a adoção do ensino bilíngue nas escolas de Moçambique a partir do ano que vem.

Para Ungulani, essa medida permitirá que as outras línguas do país também ganhem espaço na literatura.

Ungulani falou sobre a dificuldade que autores africanos de países de língua portuguesa enfrentam para ganhar notoriedade no cenário internacional.

Ele também dá uma notícia em primeira mão à Voz da América: seu livro Ualalapi, que foi eleito um dos 100 melhores romances africanos do século XX, vai ser lançado no começo do ano que vem nos Estados Unidos.

Na semana passada, Ungulani lançou a publicação de seu livro Orgia dos Loucos no Brasil. Para o escritor, a chegada de suas obras ao país sul-americano é motivo de comemoração, pois isso revela que suas histórias resistiram ao tempo. E também é uma oportunidade de mostrar ao mercado literário brasileiro que os livros africanos de língua portuguesa possuem público, como explica Ungulani.

Este foi o segundo vídeo com a entrevista do escritor Ungulani Ba Ka Khosa à Voz da América. No terceiro e último vídeo, ele fala sobre como a guerra que assolou Moçambique marcou a literatura do país.

Mostrar Comentários

XS
SM
MD
LG