Links de Acesso

Isaías Samakuva diz que Governo perdeu o norte em 2016

  • Manuel José

Isaías Samakuva, presidente da UNITA

Isaías Samakuva, presidente da UNITA

Presidente da UNITA descreveu um ano de crise, nepotismoe corrupção.

O presidente da UNITA, principal partido da oposição angolana, considera que o Governo perdeu totalmente o norte num país marcado pela crise, pela corrupção e pelo nepotismo.

Na cerimónia de cumprimentos de fim de ano nesta quinta-feira, 22, Isaías Samakuva acusou ainda a Comissão Nacional Eleitoral (CNE) de perseguir os seus comissários e disse esperar que as eleições de 2017 decorram de forma pacífica e que levem mudanças ao país.

''A CNE está a perseguir os comissários eleitorais que apenas cumpriram o seu papel e a CNE não deve perseguir ninguém'', denunciou Samakuva que desejou que “o processo eleitoral em 2017 se transforme numa festa que una todos angolanos''.

No capitulo económico, o presidente da UNITA considerou o ano de 2016 de desastroso por culpa dos erros do Executivo.

"Um ano de muito erros acumulados por incompetência do Governo que abalou a economia nacional, os salários levaram os cidadãos a perder o poder de compra, os consumidores perderam a confiança nos bancos, assistiu-se nepotismo e corrupção”, sublinhou o Samakuva.

XS
SM
MD
LG