Links de Acesso

PR angolano diz que país está estável e pacífico, UNITA contesta

  • Redacção VOA

José Eduardo dos Santos

José Eduardo dos Santos

O Presidente angolano manifestou o desejo de que as eleições previstas para 2017 decorram "num espírito de tolerância política e de respeito pelas instituições do país".

O desejo de José Eduardo foi revelado na segunda-feira, 19, na cerimónia em que recebeu cumprimentos de fim de ano de membros do Governo, instituições do Estado, entidades da sociedade civil e igrejas e na qual desejou que os actores políticos "façam prova de grande maturidade e responsabilidade" no próximo pleito.

Santos assegurou que todos os passos necessários estão a ser dados pelas instituições competentes para que o país possa realizar eleições gerais em 2017.

O Presidente regozijou-se com o facto de Angola apresentar um quadro "estável e pacífico" desde o fim da guerra civil em 2012, com "as suas principais instituições democráticas a funcionarem normalmente".

Entretanto, o porta-voz da UNITA, Alcides Sakala, reagiu ao discurso de Santos dizendo que a tolerância política defendida pelo Presidente da República “é algo que na prática não acontece”.

Por seu turno, o líder do PDP-ANA, Simão Makazo considera ser o momento que antecede às eleições propício para “consolidar o convívio na diferença”.

Mostrar Comentários

XS
SM
MD
LG