Links de Acesso

Há trabalho infantil na cana-de-açúcar e no arroz - Mãos Livres

  • Coque Mukuta

Organização pede intervenção do governo

Também há exploração de crianças no cultivo de cana-de-açúcar e de arroz nas províncias do Moxico, Lundas e Cuando Cubango, denunciou a Associação Mãos Livres.




Recentemente a reportagem da Voz da América denunciou o uso de crianças em obras na capital. Muitas dessas crianças são recrutadas nas diversas províncias do país e muitas vêm para a capital trabalhar em obras de empresas chinesas com o acordo dos seus próprios pais.

Mas segundo Salvador Freire, Presidente das Mãos Livres, a exploração de menores pelos chineses já vem de algum tempo.

“As pessoas só tocaram nesta situação agora, mas nós Associação Mãos Livres já tínhamos denunciado essa situação principalmente nas províncias do leste onde no cultivo de cana-de-açúcar e de arroz há exploração de crianças que são recrutadas pelos chineses” disse.

Salvador Freire considera ainda que a exploração de menores é uma violação flagrante as leis angolanas.

“Achamos que é uma violação flagrante e é uma violação que vem ferir os direitos que a própria criança tem” acrescentou.

O jurista apelou também ás entidades angolanas a intervirem na problemática.
“É urgente que o instituto nacional da criança e outros órgãos a fins pudessem por mão a isso para minimizar a situação” apelou.

Mostrar Comentários

XS
SM
MD
LG