Links de Acesso

Evaristo Carvalho pode não ter ganho a eleição presidencial em São Tomé e Príncipe

  • Óscar Medeiros

Evaristo Carvalho, vice-presidente da ADI e candidato presidencial em São Tomé e Príncipe

Evaristo Carvalho, vice-presidente da ADI e candidato presidencial em São Tomé e Príncipe

CNE admite segunda volta depois da eleição numa localidade e dos resultados da diáspora.

O candidato apoiado pelo partido no poder em São Tomé e Príncipe, Evaristo Carvalho, pode não ter ganho à primeira volta a eleição presidencial do passado domingo, 17, como foi anunciado na madrugada de segunda-feira pela Comissão Eleitoral Nacional (CEN).

Evaristo Carvalho

Evaristo Carvalho

A CEN admite uma segunda volta das eleição presidêncial entre os candidatos apoiado pelo ACI, no poder, Evaristo Carvalho, e Manuel Pinto da Costa, actual Presidente da República, que concorre um segundo mandato.

A comissão justifica esta possibilidade com os resultados obtidos ontem durante a votação na localidade de Maria Luísa, no distrito de Lembá, após o boicote de domingo passado, e com a recepção das actas da votação na diáspora.

Manuel Pinto da Costa

Manuel Pinto da Costa

De acordo com o cronograma eleitoral da CEN, em caso de segunda volta, ela teria lugar a 7 de Agosto.

De recordar que os resultados provisórios avançados na madrugada do dia 18 de Julho pelo presidente da CEN, Alberto Pereira, apontavam para uma vitória à primeira volta do candidato Evaristo Carvalho com 50,1 por cento dos votos, contra 24,8 de Manuel Pinto da Costa e 24,1 de Maria das Neves.

A CEN, no entanto, não avançou as novas percentagens, que, em caso de uma segunda volta, cabe a assembleia de apuramento geral dos resultados que funciona junto ao Tribunal Constitucional fazer o anúncio publico.

XS
SM
MD
LG