Links de Acesso

Embaixadores europeus em Luanda pedem esclarecimentos sobre situação do país

  • Redacção VOA

Nito Alves, Mbanza Hamza, Luaty Beirao, activistas presos

Embaixadores de países europeus acreditados em Luanda pediram hoje ao ministro da Justiça e dos Direitos Humanos de Angola Rui Mangueira informações sobre a situação política do país, nomeadamente acerda dos 15 activistas detidos desde 20 de Junho.

A reunião foi solicitada pelos embaixadores da União Europeia, Portugal, França, Itália, Espanha, Suécia, Polónia e Alemanha.

No final do encontro, de mais de uma hora, o embaixador da União Europeia, Gordon Kricke, escusou-se a falar à imprensa.

Entretanto, ontem, em declarações à redeangola.info o embaixador de Portugal em Luanda João da Câmara, admitiu visitar o activista Luaty Beirão, que se encontra em greve de fome há 25 dias e que tem também nacionalidade portuguesa.

“No caso de haver um pedido, então a embaixada ponderará”, disse o diplomata, lembrando que por si só a embaixada nunca poderá tomar essa iniciativa”.

XS
SM
MD
LG