Links de Acesso

Embaixadores europeus em Luanda pedem esclarecimentos sobre situação do país

  • Redacção VOA

Nito Alves, Mbanza Hamza, Luaty Beirao, activistas presos

Nito Alves, Mbanza Hamza, Luaty Beirao, activistas presos

Embaixadores de países europeus acreditados em Luanda pediram hoje ao ministro da Justiça e dos Direitos Humanos de Angola Rui Mangueira informações sobre a situação política do país, nomeadamente acerda dos 15 activistas detidos desde 20 de Junho.

A reunião foi solicitada pelos embaixadores da União Europeia, Portugal, França, Itália, Espanha, Suécia, Polónia e Alemanha.

No final do encontro, de mais de uma hora, o embaixador da União Europeia, Gordon Kricke, escusou-se a falar à imprensa.

Entretanto, ontem, em declarações à redeangola.info o embaixador de Portugal em Luanda João da Câmara, admitiu visitar o activista Luaty Beirão, que se encontra em greve de fome há 25 dias e que tem também nacionalidade portuguesa.

“No caso de haver um pedido, então a embaixada ponderará”, disse o diplomata, lembrando que por si só a embaixada nunca poderá tomar essa iniciativa”.

XS
SM
MD
LG