Links de Acesso

Crise do Euro pode causar "correria" para Angola


Crise do Euro pode causar "correria" para Angola

Crise do Euro pode causar "correria" para Angola

Políticos e analistas avisam contra emigração de Portugal e Europa para Angola

A crise na zona do Euro pode estar a causar uma “correria” para Angola de emigrantes europeus que poderá afectar a juventude angolana, alertam analistas angolanos.

Contactados pela Voz da América esses analistas disseram que Angola vai ressentir-se da crise económica da Zona Euro já que na era da globalização uma crise numa potencia economica tem efeitos, ainda que indirectos, sobre os seus parceiros.

O político Alexandre Sebastião André teme que a crise venha a agravar o estado de pobreza da maioria dos cidadãos angolanos mas acrescentou que Angola tem tambèm que se preparar para uma onda de emigração de países europeus incluindo Portugal.

“Essa emigração requer do estado angolano uma visão para que a crise da zona Euro não seja importada para o nosso país por uma correria para Angola que poderá ter efeitos internos sobre cidadãos nacionais sobretudo a juventude na questão do emprego, “ disse ele.

O político disse que esta questão deixa de ser económica e a sua abordagem tem que passar por “medidas politicas que o estado angolano deve tomar para proteger os angolanos”.

Ouça a reportagem do Panguinho de Oliveira

XS
SM
MD
LG