Links de Acesso

Angola: Persiste ameaça de greve nas universidades

  • Manuel José

Universidade Agostinho Neto - Luanda, Angola

Universidade Agostinho Neto - Luanda, Angola

Aulas recomeçam Segunda-feira sem que governo tenha respondido a reivindicações dos professores

A possibilidade de uma greve paira sobre o início das aulas universitárias na próxima semana.




Os professores universitários continuam a aguardar por uma satisfação do Ministério do Ensino Superior sobre as suas reivindicações apresentadas em Novembro do ano passado.

O Sindicato dos Professores do Ensino Superior SINPES deu uma moratória até Março deste ano, para o diálogo mas até ao momento não obtiveram nenhuma resposta por parte da entidade patronal.

Os professores continuam a queixar-se amargamente das suas condições laborais e acusam as autoridades de os tentar intimidar.

A Voz da América foi ouvir um professor da Universidade Agostinho Neto que lecciona na Huíla, Ovidio Pahula, que pediu que os problemas dos professores sejam ouvidos.

"Devíamos acatar aquilo que o líder da nação angolana orientou: O diàlogo," disse este professor de Direito que manifestou indignação pela alegada perseguição a que alguns professores são vítimas.

"Penso que não é correto, nem curial e nem é de lei intimidar, ameaçar os professores com despedimentos,” disse.

“Penso ser um acto de cobardia, devemos é conversar, é só isto que está a faltar, o diálogo, os professores estão abertos (ao diálogo)" disse o professor para quem muitas questões precisam de encontrar resposta junto do ministério do Ensino Superior sobre a forma como os professores universitários vivem.

Ovidio Pahula fez notar a discriminação salarial em relação a outros professores e falta de subsídios de atavio, de investigação e de habitação

“Nós temos professores que apanham boleia dos próprios estudantes, acha que isto pode dar uma educação de qualidade? Porque que não pagam bem o professor para que ele vá ao banco e compre o seu próprio carro? São coisas elementares," disse.

Os professores recomeçam as suas actividades a partir da próxima Segunda-feira

Mostrar Comentários

XS
SM
MD
LG