Links de Acesso

Angola: Ensino superior está moribundo, diz professor

  • Manuel José

Universidade Agostinho Neto - Luanda, Angola

Universidade Agostinho Neto - Luanda, Angola

Carlinhos Zassala defende uma reunião nacional urgente para tentar salvar as universidades angolanas.

O ensino superior em Angola está moribundo, disse o professor da Univbersidade Agostinho Neto, Carlinhos Zassala.

Para Zassala, há a necessidade urgente de o Governo angolano realizar c uma conferência nacional sobre o ensino superior de Angola.

Para o especialista em educação e psicologia social, o ensino superior angolano da forma como está "nem daqui a 50 anos, Angola pode integrar a lista das 100 melhores universidades de África".

"O ensino superior vai em direcção às cavernas, está numa situação muito grave”, acrescentou o professor, para quem “não se pode conceber, que o organismo de tutela, o Ministério do Ensino Superior, não defina as directrizes curriculares para o ensino superior”.

“Cada instituição faz o que quer, é uma anarquia total”, acusou o professor que considera que "o ensino superior está gravemente doente,na sala de reanimação, o que significa que estamos praticamente no fim da picada"

XS
SM
MD
LG