Links de Acesso

Angola: Autoridades libertam sindicalistas da EPAL

  • Redacção VOA

Negociações com grevistas poderão agora começar

As autoridades angolanas libertaram hoje três sindicalistas da Empresa Publica de Abastecimento de Água de Luanda, EPAL, abrindo assim as portas a negociações como sindicato

A libertação foi confirmada por fonte sindical. Entres os detidos encontravam-se o primeiro e segundo secretários Raimundo António João, e João Bernardo João, que decretaram na Segunda-feira, 23, uma greve na Empresa Pública de Águas de Luanda (EPAL) para reivindicar melhores condições de trabalho.

Nunca foram dadas razões para as detenções que foram feitas apesar do sindicato ter seguido todos os trâmites legais para decretar a greve.

O sindicato tinha afirmando que não haveria negociações até á libertação dos seus membros pelo que negociações podem começar já nos próximos dias.
XS
SM
MD
LG