Links de Acesso

Sakala levanta suspeitas sobre acidente envolvendo presidente da UNITA

  • Redacção VOA

Alcides Sakala, porta-voz da UNITA

Alcides Sakala, porta-voz da UNITA

Acidente de viação ocorre num momento de "crispação politica" o que levanta "interpretações", diz porta-voz

O porta-voz da UNITA Alcides Sakala manifestou hoje suspeitas sobre o acidente de viação no sul do país envolvendo o veículo onde viajava o presidente do partido Isaías Samakuva.



O veículo foi aparentemente abalroado por um camião pesado conduzido por um cidadãos chinês.

O líder provincial da UNITA no Huambo, Liberty Chiyaka disse tratar-se de um atentado contra a vida de Samakuva.

O dirigente da UNITA sofreu apenas ligeiras escoriações no braço esquerdo e as pessoas que o acompanhavam no veículo saíra ilesas.

Sakala fez notar que o acidente se deu “num contexto de alguma crispação política”.

A este propósito mencionou o incidente no Cacuaco quando uma delegação da UNITA que tencionava visitar pessoas desalojadas pela destruição das suas casas pelas autoridades, foi impedida de o fazer.

A policia agrediu um parlamentar membro da UNITA.

Sakala mencionou também um incidente em Viana em que “a polícia ocupou as nossas instalações tendo permanecido no local o dia todo”.

“Toda esta conjuntura cria este tipo de interpretações,” disse Sakala

O acidente deu-se na estrada que liga a província do Bié á província do Kuando Kubango onde o líder da UNITA iniciou uma visita para assinar mais um aniversário da fundação do seu movimento.

Liberty Chiyaka, secretário provincial da UNITA disse haver suspeitas “de um atentado pelas circunstâncias em que o acidente ocorreu”.

O presidente Samakuva deslocava-se numa caravana de mais de 10 veículos e “deliberadamente o camião conduzido pelo cidadão chinês foi contra o carro em que seguia o presidente da UNITA”.

“O carro capotou quatro vezes mas felizmente o presidente da Unita sobreviveu,” disse Chiyaka.

“”Ele está bem, sofreu ligeiras escoriações no braço esquerdo mas de momento sente-se bem,” disse Chiyaka que disse que Isaías Samakuva seguiu para a cidade do Menongue.

As outras pessoas que acompanhavam no carro também não sofreram ferimentos.
Este dirigente provincial da UNITA disse que o cidadãos chinês que guiava o camião foi detido e a sua viatura foi também retida pela polícia.
XS
SM
MD
LG