Links de Acesso

Zamalek do Egipto vence primeira edição da Basketball Africa League


Equipa egípcia do Zamalek venceu a primeira edição da Basketball Africa League, em Kigali, Ruanda. 30 de Maio, 2021

Os representantes dos PALOP’s terminaram em terceiro lugar (Petro de Luanda) e quinto classificado (Ferroviário de Maputo)

O Zamalek do Egipto derrotou este domingo o US Monastir da Tunísia por 76-63 e sagrou-se campeão da edição inaugural da Basketball Africa League que decorreu ao longo das últimas semanas no Kigali Arena, no Ruanda.

Os egípcios do Zamalek receberam das mãos do Presidente BAL, Amadou Gallo Fall o troféu de campeão, uma taça em formato da árvore de baobá, também conhecida no continente africano como a “árvore da vida”, devido a sua multiplicidade de funções por fornecer comida, água, abrigo e proteção para as pessoas e animais.

O Zamalek concluiu um percurso imaculado na competição na qual realizou seis jogos e registou igual número de vitórias, destacando-se os triunfos diante dos dois representantes dos países africanos de língua portuguesa, nomeadamente Ferroviário de Maputo de Moçambique (71-55, na primeira jornada) e Petro Atlético de Luanda (89-71, nas meias-finais).

Para além do título colectivo, o Zamalek viu alguns dos seus jogadores a destacarem-se conquistando prémios individuais, tal é o caso de Walter Hodge que foi eleito o MVP - jogador mais valioso, também designado prémio Hakeem Olajuwon BAL, graças as médias por jogo de 15,5 pontos, 5,7 assistências e 5,0 ressaltos.

Por outro lado, Anas Osama Mahmoud foi eleito o Melhor Jogador Defensivo, prémio que leva o nome de Dikembe Mutombo BAL após registrar médias por jogo de 6,7 ressaltos e 2,8 desarmes.

Por seu turno Makrem Ben Romdhane (US Monastir) juntou a conquista da medalha de prata ao Prémio Manute Bol BAL de Desportivismo por exemplificar os ideais de espírito desportivo e camaradagem.

Entretanto, serão anunciados prémios adicionais esta segunda-feira pela NBA e FIBA-África, nos canais de media social do BAL, incluindo o “BAL All-First Team”, Melhor Marcador da BAL 2021 e o Prémio Ubuntu, que é concedido a um indivíduo ou organização que tenha causado um impacto na comunidade local durante a primeira edição da BAL.

BAL: "Não nos deixaram ir mais longe", diz director desportivo do Ferroviário de Maputo
please wait

No media source currently available

0:00 0:03:55 0:00

Recordar que os representantes dos PALOP’s terminaram em terceiro lugar (Petro de Luanda) e quinto classificado (Ferroviário de Maputo), numa competição que deveria ter decorrido o ano passado mas que foi afectada pela pandemia da COVID-19 que obrigou a alteração de várias aspectos ligados à sua organização.

Fórum Facebook

XS
SM
MD
LG