Links de Acesso

WhatsApp bloqueou conta de Flávio Bolsonaro


Aplicação justificou a decisão por "comportamento de spam" na conta do filho de Jair Bolsonaro

WhatsApp, controlado pelo Facebook, confirmou nesta sexta-feira. 19, ter eliminado a conta do deputado estadual pelo Rio de Janeiro Flávio Bolsonaro, eleito senador e filho do presidenciável do PSL, Jair Bolsonaro, “há alguns dias por comportamento de spam”.

Flávio Bolsonaro declarou no Twitter hoje que teve a sua conta bloqueada sem explicações da aplicação.

O parlamentar não informou quando a conta foi bloqueada, mas posteriormente voltou ao Twitter para afirmar que a sua conta tinha sido desbloqueada.

“A perseguição não tem limites! Meu WhatsApp, com milhares de grupos, foi eliliminado DO NADA, sem nenhuma explicação! Exijo uma resposta oficial da plataforma”, escreveu o deputado.

“Meu telefone, cujo WhatsApp foi bloqueado, é pessoal e nada tem a ver com uso por empresas”, acrescentou.

O próprio WhatsApp informou que o bloqueio foi há dias, antes da Fake News da Foice de SP, que denunciou que empresários investiram milhões de reais para criar as chamdas “fake news” contra o PT e o seu candidato Fernando Haddad.

A campanha de Bolsonaro negou irregularidades.

Questionado pela Reuters, o WhatsApp “confirma que a conta de Flávio Bolsonaro foi eliminada por comportamento de spam, mas isso aconteceu há alguns dias. Não está relacionado às denúncias de ontem. Outra conta ‘pública’ que foi eliminada por spam durante o período eleitoral foi o ‘Dilmazap’, da campanha da ex-presidenta”, informou a aplicação.

O comportamento de spam é a prática de divulgação de mensagens com grande número de contactos no na aplicação.

Fórum Facebook

XS
SM
MD
LG