Links de Acesso

Violência nas escolas é problema em Cabo Verde


Quase metade dos alunos foi alvo de algum tipo de violência

A violência nas escolas ganha contornos preocupantes em Cabo Verde, com quase metade dos alunos e um quinto dos professores a dizerem ter sido alvo de algum tipo de violência.

Um estudo da Universidade de Cabo Verde (UNICV) divulgado nesta sexta-feira, na Praia, indica que pelo menos 44,9 por cento dos alunos e 21, por cento dos professores já sofreram com este fenómeno.

Mais de um quarto (26,9%) dos estudantes assumiu ter praticado actos de violência que acontecerem geralmente nos corredores, placas desportivas e pátios.

Quanto às causas da violência, 76 por cento dos estudantes apontam a falta de interesse na matéria e comportamento dos educandos, enquanto 79,8 por cento dos docentes apontama violência fora da sala de aula.

A maioria dos estudantes considera que a escola onde estudam é segura (65,5%), enquanto entre os professores esse percentual chegar a 83,1 por cento.

Os autores do estudos ouviram 2.804 alunos do 7º ao 12º ano de escolaridade que frequentam 12 escolas públicas e semipúblicos cabo-verdianas.

Foram igualmente ouvidos 566 docentes.

Fórum Facebook

XS
SM
MD
LG