Links de Acesso

UNITA e CASA-CE querem ver realizações de João Lourenço


João Lourenço vai ao Parlamento no dia 15

Oposição diz que discurso sobre o estado da nação não pode ser de promessas

A UNITA,o maior partido na oposição, em Angola quer que o Presidente João Lourenço apresente resultados concretos da sua gestão quando discursar sobre o estado da nação na segunda-feira, 15, na Assembleia Nacional.

O vice-presidente Raúl Danda quer saber quanto quantos angolanos morrem todos os dias por falta de assistência, por que os angolanos perdem poder de compra todos os dias e pergunta se Lourenço está disposto a apertar o cinto também.

UNITA e CASA-CE querem ver realizações de João Lourenço - 2:20
please wait

No media source currently available

0:00 0:02:21 0:00

Danda questiona também por que o Presidente aumentou o numero de efectivos da sua guarda presidencial, encarecendo as despesas ao Executivo, em vez de canalizar esses recursos a saúde e educação.

“Depois das detenções e dos arguidos, fulano foi preso, sicrano ficou em prisão preventiva, a barriga do angolano vai continuar vazia? Como é que o povo vai comer? Por que o povo continua sem medicamentos, sem luz, sem agua, sem saneamento básico, sem emprego”, continua a perguntar Raúl Danda quem diz querer ouvir “o Presidente da Republica explicar o que vai fazer para corrigir tudo isto que está mal".

A CASA-CE, através do seu deputado Makuta Nkondo, afirma não ter qualquer expectativa sobre o discurso do Presidente, mas gostaria que Lourenço “cumprisse o que prometeu porque o povo nunca não tem três refeições, não tem luz nem água”.

Quanto às detenções que têm marcado a actualidade angolana, aquele parlamentar queria ver mais pessoas a explicar as riquezas que têm, incluindo o Presidente, porque todos “se enriqueceram em detrimento do povo de Angola, todos são gatunos”.

Fórum Facebook

XS
SM
MD
LG