Links de Acesso

UNITA diz ter avisado o Governo da "invasão" de imigrantes ilegais


Governador do Kwanza Sul afirma que combate à corrupção não deve limitar-se aos dirigentes

A UNITA há muito que vinha alertando o governo para a “invasão” de imigrantes ilegais no país, disse no Sumbe o secretário provincial da UNITA no Kwanza Sul, Armando Manuel Kapepa.

UNITA diz que avisou governo sobre invasão de imigrantes ilegais - 2:03
please wait

No media source currently available

0:00 0:02:03 0:00

“Nós na UNITA ….fomos sempre alertando o Governo da invasão que o país estava sofrendo com cumplicidade dos governantes, atribuindo aos cidadãos estrangeiros bilhetes de identidade e cartões de eleitores, cujos resultados são a delapidação das nossas riquezas”, acrescentou.

O dirigente provincial da UNITA disse ainda que a corrupção “é uma ferida crónica patrocinada pelas altas patentes da hierarquia do país e que veio afectar as estruturas intermédias e de base do Estado”.

Por seu lado, o governador do Kwanza Sul, Eusébio de Brito Teixeira, também diz não assumir tais práticas.

“A corrupção faz parte dos males que a sociedade angolana se propõe combater e, esta deve ser a terefa de todos nós e não só dos órgãos de justiça. Portanto não devemos limitar a nossa visão sobre a corrupção apenas aos dirigentes de cargos de direcção e chefia e a administração pública, mas alargar o foco para todos os extratos da sociedade para que de forma antecipada possar ir corrigindo esse mal ao ponto de comprometer as nossas instituições", reiterou.

Fórum Facebook

XS
SM
MD
LG