Links de Acesso

União Africana promete ajudar Moçambique a combater insurgentes de Cabo Delgado


Moussa Faki Mahamat

A União Africana quer ajudar Moçambique a combater a insurgência armada em Cabo Delgado, numa altura em que, a nível interno, se alerta para a possibilidade dos ataques se alastrarem a outras províncias, dado que o Governo não tem estado a investir seriamente na luta contra os atacantes.

União Africana promete ajudar Moçambique a combater insurgentes de Cabo Delgado
please wait

No media source currently available

0:00 0:02:44 0:00

A ajuda foi prometida pelo Presidente da Comissão da União Aricana, Moussa Mahamat, à saída de um encontro com o Presidente moçambicano, Filipe Nyusi, em Maputo.

Na ocasião, Mahamat considerou "uma séria ameaça à paz em Moçambique", os ataques que se registam no norte daquele país africano.

"Estamos profundamente preocupados com a situação em Cabo Delgado", realçou Moussa Mahamat, fazendo eco aos apelos da sociedade moçambicana e de alguns sectores ligados ao Governo, para que as autoridades prestem maior atenção à insurgência naquela província.

"Não se pode resolver o problema dos ataques armados sem meios, sem investimentos sobretudo ao nível das forças de defesa e segurança e da justiça", defendeu a vice-procuradora-geral da República, Amabélia Chuquela.

O analista político Raúl Domingos, diz que "há falta de vontade política para resolver a questão dos ataques a Cabo Delgado", questionando porque é que não se investiga, por exemplo, "a natureza, a organização e a logística dos atacantes".

Mais de 200 pessoas foram mortas desde que os ataques começaram, há cerca de dois anos, em alguns distritos da zona norte de Cabo Delgado.

Fórum Facebook

XS
SM
MD
LG