Links de Acesso

"Uma grande árvore caiu" disse o Presidente do Gana ao anunciar a morte de Jerry Rawlings


Antigo Presidente do Gana Jerry Rawlings

Jerry Rawlings dirigiu o país na ditadura e na democracia por duas décadas

O antigo Presidente do Gana Jerry Rawlings morreu nesta quinta-feira, 12, mas o partido que ele fundou, Congresso Nacional Democrata (CND), que deu a notícia, não avançou mais detalhes.

O Presidente da República, Nana Akufo-Addo, confirmou em comunicado que Rawlings tinha falecido "depois de uma curta doença".

"Uma grande árvore caiu e o Gana está mais pobre com essa perda", disse Akufo-Addo que ordenou que as bandeiras de todo o país ficassem a meia haste e sete dias de luto nacional a partir de amanhã.

Ele anunciou a suspensão da campanha eleitoral em curso com vista às presidenciais de Dezembro.

O candidato do partido de Rawlings, CND, John Mahama, também informou ter suspendido a campanha.

"Que a sua alma descanse em paz", acrescentou Mahama, também ex-Presidente do Gana.

Após um primeiro golpe de Estado em 1979, Jerry Rawlings, conhecido jogador de rugby, assumiu o poder num segundo golpe de Estado, em 1981.

Rawlings renunciou ao cargo em 2000, depois de ter sido eleito duas vezes.

Nascido a 22 de Junho de 1947, em Acra, capital do Gana, filho de pai escocês e mãe ganesa, Rawlings entrou na academia militar em 1967, da qual saiu um ano mais tarde para se juntar à Força Aérea, onde se destacou como piloto.

Conhecido, numa primeira fase, pela sua imagem de “revolucionário honesto", que tomou o poder duas vezes, aos 32 anos e depois aos 34, destacou-se por um discurso nacional populista e uma filiação política "progressista".

Em 1981, tornou-se chefe do Conselho Nacional de Defesa Provisório, cargo que ocupou durante 11 anos.

Enquanto líder do país, o seu Governo foi acusado de violar os direitos humanos, até ceder à democratização do Gana no início da década de 1990.

Vários ex-chefes de Estado e altas figuras do exército foram executados durante o seu regime, mas para muitos pobres Rawlings era o campeão deles.

Apesar de ter muitos detratores, era muito popular e foi eleito Presidente da República em 1992, com mais de 58% dos votos num escrutínio democrático, mas manchado por acusações de fraude.

Foi reeleito em 1996, na primeira volta, numa eleição então considerada transparente.

Após 19 anos e sete meses no poder, renunciou em 2000 com a eleição de John Kufuor.

Uma das suas marcas era pilotar o próprio avião em que viajava como Presidente.

Fórum Facebook

XS
SM
MD
LG