Links de Acesso

Um gigante da música angolana: Carlos Lamartine


Carlos Lamartine

A comissão organizadora do concurso “Angola Music Awards” (AMA) atribuiu o Prémio Carreira ao cantor e compositor Carlos Lamartine, pelos 62 anos de carreira artística, “um dos principais artífices da música popular angolana”.

No fesitval da musica carlos Lamartine foi homenageado - 14:45
please wait

No media source currently available

0:00 0:17:45 0:00

A entrega do troféu aconteceu no sábado 05 de Maio, no Pavilhão Multiusos do Kilamba, durante a gala de anúncio dos vencedores das 23 categorias da sexta edição dos prémios “AMA”.

Embora ausente do evento, Carlos Lamartine esteve re-presentado pela filha.

Eleito por unanimidade pelo júri, naquela que é uma categoria sem interferência do público votante, por representar uma geração cujos princípios de criação artística se prendem com a exaltação da história política, liberdade e defesa dos usos e costumes.

Distinguido com o Prémio Nacional de Cultura e Artes, edição 2017, na categoria de Música, Carlos Lamartine nasceu em Benguela, a 29 de Mar-ço de 1943. Compõe canções assentes na música popular urbana, recorrendo à sátira e a canções de cariz revolucionária, incluindo trovas e canções tradicionais.

Co-fundador do agrupamento “Os Kissueias do Ritmo”, passou pelos “Águias Reais”, “Muloges do Ritmo” e “Makoko Ritmo”, na qualidade de vocalista e executante de tambor, tendo enveredado depois por uma carreira a solo, na qual foi acompanhado pelos melhores conjuntos angolanos da época, entre 1965 e 1970, incluindo os “Kiezos”. Gravou, de 1973 a 1977, com o conjunto “Os Merengues”, e participou em digressões nacionais e internacionais, com o emblemático conjunto “Kissanguela”.

Fórum Facebook

XS
SM
MD
LG