Links de Acesso

Trump nomeia veterano diplomata para dirigir política africana


Tibor Nagy
Tibor Nagy

Um destacado senador americano disse não prevêr problemas na aprovação da escolha da administração Trump para o cargo de Secretário de Estado Assistente para Assuntos Africanos.

A nomeação de Tibor Nagy, mais de um ano depois da entrada na Casa Branca do Presidente Donald Trump, foi anunciada na semana passada e deverá em breve ser alvo de uma audiência no Senado americano onde Nagy deverá fazer face a perguntas sobre a política da administração Trump para África.

Nagy foi um diplomata de carreira com vasta experiência em África tendo sido embaixador na Etiópia e Guiné Conackry.

O diplomata trabalhou também nas embaixadas americanas na Zambia, Seycheles, Togo, Camarões e Nigéria.

Ele foi também o especialista para questões africanas na campanha do Republicano Mitt Romney para a presidência em que este foi derrotado por Barack Obama em 2012

Actualmente ocupava a posição de vice-director da Universidade Técnica do Texas onde dirigia as actividades internacionais da instituição e ensinava sobre África.

O influente senador Republicano Jim Inhofe saudou a nomeação de Nagy afirmando estar convencido de uma “confirmação rápida pelo Senado”.

“Nagy terá muito sucesso em fazer avançar a política de “América primeiro” com base no respeito mútuo, comércio e cooperação”, disse o senador.

Anteriormente tinha sido noticiado que o senador Inhofe tinha bloqueado a primeira escolha da administração Trump, o académico Peter Pham, por desacordos sobre a situação no Sahara ocidental.

Inhofe tem defendido no passado o direito à população dessa zona à autodeterminação.

Até agora a posição de Secretário de Estado Assistente para Assuntos Africanos tem sido ocupada interinamente por Donald Yamamoto

XS
SM
MD
LG