Links de Acesso

Trump nega afirmações do Irão de ter preso espiões da CIA


Presidente americano diz são "falsas"

O Presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, afirmou serem falsas as afirmações feitas nesta segunda-feira, 22, pelo Governo do Irão de que tenha detido 17 pessoas, acusadas de serem espiãs da Agência Central de Inteligência (CIA), e sentenciado algumas à morte.

“A declaração de o Irão ter capturado espiões da CIA é totalmente falsa. Nenhuma verdade. Apenas mais mentiras e propaganda (como o derrube do drone deles) divulgadas por um regime religioso que falha terrivelmente e não tem ideia do que está a fazer”, escreveu Trump no Twitter.

O secretário de Estado americano, Mike Pompeo, afirmou que não poderia comentar esse caso específico, mas que o Irão tem um historial de mentiras.

As autoridades de Teerão revelaram que os alegados espiões foram detidos entre Março de 2018 e Março de 2019, no âmbito de uma operação de desmantelamento de um grupo, segundo o Irão, actuava a mando dos Estados Unidos.

O chefe da contra-espionagem da inteligência iraniana, cuja identidade não foi revelada, afirmou que "aqueles que deliberadamente traíram seu país foram entregues à Justiça".

Não foi explicitado quantos vão enfrentar penas longas na cadeia e quantos serão executados.

Fórum Facebook

XS
SM
MD
LG