Links de Acesso

Trump diz que" está tudo bem" e fala hoje ao país


Presidente americano reuniu-se com equipa de Seguranla Nacional

O Presidente americano Donald Trump fala nesta quarta-feira, 8, à nação depois de mais de uma dezena de mísseis balísticos disparados pelo Irão terem atingido duas bases americanas no Iraque na noite de ontem, sem provocar baixas entre as tropas dos Estados Unidos, Noruega, da Alemanhã e Iraque que se encontram aí estacionadas.

"Tudo bem! Mísseis lançados pelo Irão contra duas bases militares localizadas no Iraque. Avaliação das vítimas e mortes está a ser feita agora. Até o momento, tudo bem! Temos, de longe, as forças armadas mais poderosas e bem equipadas do mundo! Farei uma declaração amanhã de manhã”, escreveu Trump depois de se reunir com a equipa de Segurança Nacional.

Antes, o ministro das Relações Exteriores do Irão, Javad Zarif, no Twitter escreveu que "o Irão tomou e concluiu medidas proporcionais em autodefesa".

"Nós não buscamos a escalada [do conflito] ou a guerra, mas nos defenderemos de qualquer agressão", acrescentou.

A base aérea de Ain Al-Asad, no oeste do país, e a Erbil, na região curda do Iraque foram as atacadas pelos Guardas da Revolução do Irão, que assumiu a responsabilidade pelos lançamentos dos mísseis.

O Departamento de Defesa (Pentágono) confirmou o ataque e disse que, de imediato, começou a fazer o levantamento das consequências do mesmo.

A acção, segundo o Irão, é uma resposta ao assassinato pelos Estados Unidos do chefe da inteligência militar, Qassem Soulimani, e, de acordo com a imprensa pública, aliados americanos na região como os Emirados Árabes Unidos e Israel serão atacados caso os Estados Unidos voltarem a atingir seus interesses.

Os Guardas da Revolução ameaçaram ainda atacar "dentro dos Estados Unidos”.

Fórum Facebook

XS
SM
MD
LG