Links de Acesso

Trump defende continuidade de unidade de controlo de imigração e alfândegas


Presidente Donald Trump

A senadora Kirsten Gillibrand, de Nova Iorque, disse que ICE "se tornou uma força de deportação" e sugeriu a sua substituição por algo realmente funcional.

O presidente dos EUA, Donald Trump, defendeu, neste domingo, a agência de controlo de imigração do país contra os pedidos de alguns democratas de oposição no sentido de ser abolida.

"A esquerda liberal, também conhecida como democratas, quer se livrar do ICE, que faz um trabalho fantástico, e quer fronteiras abertas. O crime seria desenfreado e incontrolável!", escreveu Trump.

Polícia ICE
Polícia ICE

Esse foi um dos vários tweets que ele fez ao longo do fim-de-semana apoiando aquela unidade de imigração e alfândegas.

Dezenas de milhares de pessoas manifestaram-se, no sábado, contra a sua política de "tolerância zero", que defende a detenção de qualquer individuo que atravesse ilegalmente a fronteira mexicana para os Estados Unidos.

Os manifestantes exigiram a imediata reunificação de mais de duas mil crianças imigrantes separadas de seus pais.

Activistas a favor da abolição de ICE, no Capitólio, 28 de Junho, 2018
Activistas a favor da abolição de ICE, no Capitólio, 28 de Junho, 2018

Um juiz federal ordenou que o governo reunisse as famílias nas próximas três semanas, mas as autoridades americanas fizeram pouco progresso na execução do decreto.

A 20 de junho, Trump emitiu uma ordem executiva que promete acabar com as separações familiares quando possível.

Deportar imediatamente sem passar por anos de manobras legais

Trump não comentou directamente sobre os protestos que ocorreram nas grandes e pequenas cidades americanas, mas escreveu que "quando as pessoas entram ilegalmente no nosso país, devemos imediatamente acompanhá-las de volta sem passar por anos de manobras legais”.

Alguns importantes legisladores democratas, que possivelmente estão de olho na campanha presidencial de 2020 contra a tentativa de reeleição de Trump, pediram o encerramento de ICE, que faz parte da agência de segurança interna do governo.

A senadora Kirsten Gillibrand, de Nova Iorque, disse à CNN, na semana passada, que o ICE "se tornou uma força de deportação" e sugeriu a sua substituição por algo realmente funcional.

Mas em tweets repetidos, Trump defendeu a agência, dizendo aos seus funcionários para não se preocuparem, “porque estão a fazer um trabalho fantástico de nos manter seguros erradicando os piores elementos criminosos”.

Fórum Facebook

XS
SM
MD
LG