Links de Acesso

Trump admite impor quarentena em Nova Iorque, Nova Jérsia a e Connecticut


Donald Trump assina pacote de ajuda económica

O Presidente americano Donald Trump admitiu neste sábado, 28, impor quarentena nos Estados de Nova Iorque, Nova Jérsia e Connecticut.

"Estou pensando nisso agora. Talvez a gente não precise fazer isso, mas há a possibilidade de em algum momento nós fazermos uma quarentena, algo curto de duas semanas de Nova Iorque e provavelmente Nova Jérsia e partes de Connecticut", afirmou Trump a jornalistas na parte exterior da Casa Branca.

Ao mesmo tempo, o Presidente revelou não ter certeza de que pode abrir a economia no dia da Páscoa, 12, como afirmou no início da semana.

“Vamos ver o que acontece”, sublinhou.

Por outro lado, Donald Trump aprovou hoje a declaração de estado de calamidade para o Estado do Michigan, libertando verbas federais adicionais para ajudar a lidar com a pandemia de covid-19.

Durante a semana, a governadora do Michigan, Gretchen Whitmer, criticou o Governo pela sua lenta resposta à propagação do novo coronavírus nos Estados Unidos, dizendo que o seu Estado "não pode resistir sozinho" aos efeitos da pandemia, perante um rápido aumento de casos de infeção.

Ontem, a Administração Trump reconheceu que a cidade de Detroit, em Michigan, era um dos pontos mais críticos do país e que a situação deveria piorar nos próximos tempos.

Mais de 3.600 pessoas estão infetadas e pelo menos 92 morreram.

Os Estados Unidos são, desde quinta-feira, o país mais afetado pela pandemia, com 112 mil casos confirmados e 1.800 mortos até este sábado.

Nova Iorque é o Estado mais afetado, com 517 mortos, seguido de Washington, com 112.

Fórum Facebook

XS
SM
MD
LG